Deputada Carla Dickson é coautora de livro sobre o combate a violência contra mulher

A deputada federal Carla Dickson é coautora do livro “Com Quantas Marias se faz uma patrulha”, lançado esta semana em Natal. A obra traz artigos sobre o enfrentamento a violência contra mulher.

A parlamentar assina o capítulo “A violência contra mulher, o atentado contra família”. “A violência contra mulher precisa ser posta em um espectro muito maior do que o atentado de uma pessoa de um sexo contra outra. Vai muito além, cada mulher agredida representa o ataque mais cruel e duro à família. Afinal, as sequelas são sofridas por filhos, pais, parentes, amigos. Todos são vítimas do feminicídio cada vez que a mulher é agredida. Vítimas com impactos de saúde física e mental”, escreve Carla Dickson no livro.

A obra é organizada pela delegada Sheila Freitas e pela professora Udymar Pessoa.

A deputada federal, relata na obra, as muitas lutas que já travou no combate a violência doméstica. “Hoje, com certeza, ainda temos casos de subnotificação. Mas a conscientização a partir de ações empreendidas pelo Agosto Lilás muito contribuem para despertar nas mulheres e nos seus familiares e amigos a percepção de que a denúncia contribui para punir o agressor, mas também coibir outros que, eventualmente, viessem a se colocar como tal”, escreveu.A deputada federal Carla Dickson é coautora do livro “Com Quantas Marias se faz uma patrulha”, lançado esta semana em Natal. A obra traz artigos sobre o enfrentamento a violência contra mulher.A parlamentar assina o capítulo “A violência contra mulher, o atentado contra família”. “A violência contra mulher precisa ser posta em um espectro muito maior do que o atentado de uma pessoa de um sexo contra outra. Vai muito além, cada mulher agredida representa o ataque mais cruel e duro à família. Afinal, as sequelas são sofridas por filhos, pais, parentes, amigos. Todos são vítimas do feminicídio cada vez que a mulher é agredida. Vítimas com impactos de saúde física e mental”, escreve Carla Dickson no livro.A obra é organizada pela delegada Sheila Freitas e pela professora Udymar Pessoa. A deputada federal, relata na obra, as muitas lutas que já travou no combate a violência doméstica. “Hoje, com certeza, ainda temos casos de subnotificação. Mas a conscientização a partir de ações empreendidas pelo Agosto Lilás muito contribuem para despertar nas mulheres e nos seus familiares e amigos a percepção de que a denúncia contribui para punir o agressor, mas também coibir outros que, eventualmente, viessem a se colocar como tal”, escreveu.

Autora do projeto que acaba com o rol taxativo, Carla Dickson comemora aprovação no Senado

A deputada federal Carla Dickson definiu como uma grande vitória o projeto aprovado no Senado Federal que acaba com o rol taxativo da Agência Nacional de Saúde, obrigando os planos a cobrirem tratamentos não previstos pela Agência Nacional de Saúde.

A parlamentar potiguar, que é uma das autoras da matéria, destacou a importância da lei em favor da própria vida das pessoas. “Com a aprovação do fim do rol ganhamos todos nós, é uma questão de justiça em favor da vida. Precisamos ampliar o atendimento oferecido pelos planos de saúde. O rol da Agência Nacional de Saúde oferece uma limitação ofensiva aos profissionais de saúde e a população”, afirmou Carla Dickson.

O projeto de lei 2033/2022 prevê que os planos de saúde garantam a realização de procedimentos e serviços de saúde mesmo que não estejam listados no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde editado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

A deputada federal Carla Dickson chamou atenção que a nova lei oferecerá segurança jurídica, já que supera a decisão do Supremo Tribunal Federal que acobertava o rol taxativo. “Nosso mandato acompanhou toda tramitação dessa matéria no Congresso Nacional. Foi uma grande luta. Mas venceu a família, a vida, vencemos nós, povo desta nação. Conseguimos, a partir de agora, garantir dignidade mais dignidade nos tratamentos de saúde”, completou a parlamentar.
O texto segue agora para a sanção do presidente Jair Messias Bolsonaro.

“Coragem de ser Feliz”: Jingle de Samanda Alves é feito pelo mesmo autor do jingle histórico e mundialmente conhecido de Lula

33 anos após fazer o jingle histórico e mundialmente conhecido, Sem Medo de Ser Feliz, o potiguar Hilton Acioli compõe Coragem de Ser Feliz, jingle de Samanda, Candidata a Deputada Federal pelo PT RN.

O potiguar Hilton Acioli é o compositor do jingle “Sem Medo de Ser Feliz”, feito para Lula nas eleições de 1989. A versão original da canção foi apresentada pela 1ª vez com as vozes de Chico Buarque, Gilberto Gil e Djavan. O jingle marcou a memória afetiva de militantes e simpatizantes e ganhou duas novas versões em 2022. A primeira, protagonizada por artistas como a cantora Pablo Vittar, Chico César e Duda Beat. Agora, com artistas nordestinos entre os quais Cida Lobo e o próprio Hilton Acioli.

Samanda destaca que a ideia de convidar o autor do jingle mais famoso da história política brasileira se deu pela semelhança do período atual com 1989: “Aquela era a primeira eleição pós redemocratização. Foi o ano em que, pela primeira vez desde 1960, os brasileiros voltaram a escolher pelo voto direto o Presidente da República. Hoje estamos diante da eleição das nossas vidas, com a oportunidade de tirar pelo voto o país das garras do autoritarismo”.

Temos uma batalha dura com um adversário disposto a vencer a qualquer custo, sem se importar em ultrapassar os limites de uma disputa política travada na esfera da democracia. Naquela época foi preciso defender eleições diretas, hoje temos de lutar por eleições livres e limpas, por democracia. Nosso povo vive dias difíceis com inflação e desemprego. O programa de Lula em 1989 vinha enfrentar justamente isso, refletiu Samanda.

O pensamento de Samanda é acompanhado por Hilton: “Hoje, para mim tem esse clima de 1989 no ar, parece a mesma pressa que o Brasil tinha pra ter o país na mão das pessoas outra vez, pelo poder do voto. A tentativa de usurpar esse direito das pessoas tá bem presente agora, não é?”, indagou. E seguiu: “Gostei de conhecer a Samanda, porque acredito e acho que devemos batalhar pro PT e o Lula terem uma grande bancada pra que a gente consiga realmente reconstruir o país”.

Para Hilton, só assim as propostas dos movimentos populares e as prioridades da população poderão ser implementadas. “É preciso tirar essa tchurminha de gente enganadora que tá lá agora, grande parte a favor desse PRESIDEMENTE, e substituir por pessoas batalhadoras e sérias, gente do povo, como a Samanda”. “Vambora dar força e chance a quem representa de verdade os trabalhadores e trabalhadoras. Agora há uma grande chance pra isso acontecer. E que seja logo!”, convocou.

O clipe do jingle foi lançado hoje nas redes sociais da candidata. Para conhecer basta acessar @samandaalves no Instagram.

Lei cria rede de enfrentamento contra alienação parental e maus tratos contra crianças e adolescentes no RN

O Rio Grande do Norte criou uma rede de enfrentamento à alienação parental e maus-tratos contra crianças e adolescentes. A medida consta no texto da Lei 11.236, publicada na edição desta quarta-feira (10) do Diário Oficial do Estado (DOE). De acordo com a legislação, o estado passará a disponibilizar de um banco com os dados de todos os indivíduos condenados por maus-tratos contra crianças ou adolescentes em 2ª instância ou com processo transitado em julgado.

Além disso, também constará os dados dos condenados por alienação parental. As informações do banco de dados serão disponibilizadas para magistrados e membros do Ministério Público do Rio Grande do Norte que atuam nas varas da Família e da Infância e Juventude do RN. A lei entrou em vigor nesta quarta-feira (10) e o estado poderá, a partir de agora, criar ações permanentes ligadas à rede de enfrentamento criada, com políticas públicas para educar e conscientizar a sociedade sobre o tema.

O intuito é munir as autoridades de instrumentos para responsabilizar indivíduos que estejam relacionados com esses crimes.
Ainda como parte da rede de enfrentamento, a lei afirma que a administração estadual vai disponibilizar um número de telefone (que ainda não foi definido) e portal específico para que a população denuncie casos de alienação parental e maus-tratos contra esse público.

Com informações G1 RN

Governo do RN começou a recuperar trecho da RN 203 em São Tomé

O Governo do RN começou a recuperar trechos da rodovia estadual número 203, localizada no município de São Tomé.

FEMURN promove debate sobre desenvolvimento com presidentes das entidades municipalistas do Nordeste em Natal

Com o objetivo de discutir ações e projetos futuros para o desenvolvimento do Nordeste, aconteceu nesta sexta-feira (15) em Natal/RN, a 6° edição do Nordeste Unido Pelo Desenvolvimento. O evento, promovido pela Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN) em parceria com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), reuniu presidentes das nove entidades municipalistas dos estados nordestinos.

Para o presidente da FEMURN e Prefeito de São Tomé, Babá Pereira, este foi um evento de grande importância para a discussão das ações dos municípios do Nordeste. “A cada dois meses os presidentes das Federações do Nordeste se reúnem para discutir pautas comuns aos Estados nordestinos. Este fórum tem o objetivo de fortalecer os municípios e entidades que ajudam no dia a dia aos nossos municípios e a população nordestina”.

O evento realizado no Imirá Plaza Hotel, na Via Costeira, contou com uma palestra do ex-ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. Na oportunidade, ele abordou as ações realizadas pelo governo Federal na região, principalmente os investimentos em segurança hídrica. Para o ex-ministro, ao ter a garantia do abastecimento de água os Estados do Nordeste terão condições de “atrair indústrias, fortalecer o comércio e fomentar a geração de emprego e renda”.

Também presente no evento, o Diretor-Presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (CODEVASF), Marcelo Andrade, destacou a importância do debate. “Uma oportunidade de podermos apresentar as nossas ações em todos os Estados. Aqui os presidentes das Federações podem trazer ao nosso conhecimento as demandas de seus municípios. Isso é muito importante nessa troca de experiência com os presidentes das federações, uma coisa que deve acontecer sempre. Uma coisa saudável e que só tem como objetivo beneficiar a população com os investimentos, com as ações cada vez mais rápidas e mais eficientes”, destacou.

Também estiveram presentes Ana Célia Cabral de Farias, Presidente da AMUPE – PE; Zenildo Brandão (Zé Cocá), Presidente da UPB – BA; Hugo Wanderley, Presidente da AMA – AL; Alan Andrelino, Presidente da FAMES – SE; George José, Presidente da FAMUP – PB; Eduardo Tabosa, Conselheiro Fiscal da Confederação Nacional de Municípios – CNM; Eduardo Stranz, Consultor da CNM; Clécio Azevedo, 1° Tesoureiro da FEMURN; Fernando Teixeira, Presidente da AMLAP/RN; Fernando Bezerra, Presidente da AMSO-TR; Fernando Marcondes, Diretor Geral do DNOCS; e José Gomes, Presidente do Banco do Nordeste. O deputado federal, Benes Leocádio também prestigiou o Encontro.

A programação ainda contou com palestras sobre Aprendizagem Criativa Maker, com André Vasconcelos, Rodrigo Thuler e Odair José Costa da Asthor Barden; e virtualização de processos municipais, sendo proferida pelo vice-presidente Executivo da SOGO Tecnologia. Já Victor Marinho do Escritório Monteiro e Monteiro Advogados, abordou o tema: Ações coletivas. Eduardo Stranz, Consultor da CNM, fez uma abordagem sobre a Pauta Municipalista do Nordeste. O evento teve encerramento com a construção da nova Agenda Nordeste.

Fotos: Lucas Tavares

Tapioca de Serra Caiada é considerado Patrimônio Cultural e Imaterial do RN

Foi sancionado nesta sexta-feira (08) o projeto de Lei n° 11.197/2022 que considera como patrimônio cultural imaterial do RN, a iguaria “Tapioca de Serra Caiada”.

Serra Caiada promove tradicionalmente o Tapioca Fest, que Estevão foi um sucesso de público e organização.

Governo lança Plano Safra 2022/2023 e anuncia R$ 340,8 bilhões para a agropecuária

O governo federal lançou nesta quarta-feira (29) o Plano Safra 2022/2023, que vai disponibilizar um total de R$ 340,88 bilhões em financiamentos para apoiar a produção agropecuária nacional até junho do próximo ano. O valor, segundo o Ministério da Agricultura, representa aumento de 36% em relação ao Plano Safra anterior, que disponibilizou R$ 251 bilhões a produtores rurais.

O novo plano foi anunciado durante cerimônia no Palácio do Planalto, com a presença do presidente Jair Bolsonaro, do ministro da Agricultura, Marcos Montes, além de diversas outras autoridades. Do total de recursos disponibilizados, R$ 246,28 bilhões serão destinados ao custeio e comercialização, uma alta de 39% em relação ao ano anterior. Outros R$ 94,6 bilhões serão para investimentos, um incremento de 29%.

“Estamos lançando um plano safra capaz de atender aos diversos segmentos do agro e atento aos compromissos do governo e da sociedade de responsabilidade fiscal, um plano safra com valor muito expressivo, R$ 341 bilhões diante de R$ 252 na safra passada, e com taxas de juros compatíveis e inferiores às taxas de mercado, inferiores até à taxa Selic”, destacou o ministro Marcos Montes.

Os recursos com juros controlados somam R$ 195,7 bilhões e aqueles com juros livres totalizam R$ 145,18 bilhões. O montante de recursos equalizados, que é aquela parte do juros que não é cobrada do tomador, cresceu 31%, chegando a R$ 115,8 bilhões na próxima safra, segundo o governo.

O novo Plano Safra também aumentou, de 50% para 70%, a possibilidade de uso dos recursos das Letras de Crédito do Agronegócio (LCA). A LCA é um título de renda fixa emitido pelos bancos para financiar atividades agropecuárias. A expectativa, segundo o governo, é que a medida gere uma maior participação do mercado de finanças privadas do agro, com a expansão de títulos como a CPR, CDCA, CRA, além da LCA.

SPP: Executivo e Legislativo unidos em prol da vinda da Caixa Econômica para o município

Na manhã da última quarta-feira, 22 de junho, o prefeito de São Paulo do Potengi, Pacelli Souto, e o presidente da Câmara de Vereadores, Getúlio Antunes, estiveram na Superintendência da Caixa Econômica Federal, em Natal, em audiência com o superintendente Cleiton Beje para tratar sobre a implantação de uma Agência da Caixa Econômica Federal na região Potengi.

Também participaram da reunião o deputado federal Benes Leocadio e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Edmilson Lima.

No encontro foi ressaltada a importância da implantação da Agência Bancária no fortalecimento da economia local e apoio aos comerciantes da região.

Pacelli e Getúlio enfatizaram ainda que a região Potengi é a única do estado que não possui uma Agência da Caixa Econômica Federal, e que a população que necessita dos atendimentos inerentes à Caixa precisa se deslocar até outras regiões.

Como encaminhamento da reunião, ficou definido que será entregue à Superintendência nos próximos dias, dados e informações para formatação do projeto técnico, além das manifestações de apoio dos representantes locais de empresas públicas e privadas da região.

IBGE realiza treinamento com os Supervisores do Censo de São Paulo do Potengi

Visando o Censo Demográfico 2022, que acontece de 1º de agosto até o mês de outubro deste ano, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) iniciou o treinamento dos supervisores de São Paulo do Potengi e outros 8 municípios da região Potengi.

A partir deste treinamento os supervisores já irão a campo realizar a Pesquisa Urbanística de Entorno, que tem o objetivo de analisar a infraestrutura das ruas da cidade.

Em breve os recenseadores serão convocados e treinados para darem início a coleta domiciliar. 

O IBGE conta com a contribuição da população pra receber bem os recenseadores para que eles possam coletar informações necessárias pra retratar o município. As informações coletadas serão muito importantes para elaboração de políticas públicas, iniciativas privadas, universidades, e muitas outras finalidades.

SÃO PAULO DO POTENGI: Filhas de Zé Brasil tiveram alta do hospital

Nas última semana, São Paulo do Potengi estava comovido pela situação das filhas do amigo Zé Brasil, Laura Sophia e Lara Samilly, que foram ambas internadas subitamente, por motivos distintos.

Hoje, 7, o pai e a mãe das crianças publicaram com alegria nas redes sociais, informando que as filhas, após serem prontamente atendidas pelas equipes do Hospital de São Paulo do Potengi e dos Hospitais Maria Alice e Varela Santiago, finalmente tiveram alta.

TCU trava obras da Codevasf no RN e em 9 estados; municípios do Potengi que esperavam o asfalto saem prejudicados

O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou a Codevasf que suspenda uma série de obras de pavimentação, após a estatal ligada ao presidente Jair Bolsonaro (PL) reconhecer que parlamentares escolhem até os tipos de asfalto a serem utilizados nos serviços. A Corte apontou a ação política e falta de critérios técnicos nas licitações, após uma série de reportagens da Folha de São Paulo ter revelado como atua a estatal, entregue por Bolsonaro a aliados do centrão.

Segundo reportagem da Folha, a área técnica do TCU verificou que, “sem qualquer fundamentação expressa”, políticos indicam quais vias devem ser revestidas e qual “empresa e/ou contrato/pregão específico que deve ser utilizado para executar a obra”. A decisão do TCU impede a emissão de novas ordens de serviços em contratos feitos a partir de 29 pregões eletrônicos lançados em 2020. Estas licitações permitiriam a execução de “contratos guarda-chuvas”, que podem somar até R$ 622,15 milhões.

Segundo a Folha, a suspensão das obras foi pedida para dez estados (AP, BA, AL, PE, SE, MG, TO, PI, MA, RN e no DF), até que a Codevasf prove que implementou estudos sobre a vantagem técnica e econômica do tipo de revestimento escolhido, além de análises sobre a necessidade das pavimentações.

Névoa cai sobre São Tomé e termômetros batem 22º

Para os padrões do Potengi, ontem, 28, foi um dia frio em São Tomé.

À noite, após uma névoa cair sobre a cidade, os termômetros bateram 22º.

Bolsonaro sanciona Auxílio Brasil permanente com piso de R$ 400

O presidente Jair Bolsonaro (PL) aprovou nesta 4ª feira (18.mai.2022), no Palácio do Planalto, um PL (Projeto de Lei) que torna permanente o Auxílio Brasil com piso de R$ 400.

Também estava presente durante a assinatura do documento o ministro da Cidadania, Ronaldo Bento, que afirmou que o projeto é um “marco” para o país. “Garantimos de forma permanente uma renda mínima para as pessoas que mais necessitam, pelo maior programa de transferência de renda da nossa história”, disse o ministro.

O texto atual substitui o do relator, o deputado federal João Roma (PL) –ex-ministro da Cidadania do governo Bolsonaro. Ele incluiu uma emenda para tornar permanente o auxílio. Segundo o deputado, o auxílio oferece “condições de as famílias buscarem sua autonomia” para não precisarem mais da ajuda do governo.

Em 4 de maio, o Senado aprovou a medida provisória do auxílio, que instituiu benefício extraordinário para as famílias que já integravam o programa para que se chegasse ao valor mínimo de R$ 400 por mês. Sem o adicional, o valor era de R$ 224. A medida já havia sido aprovada pela Câmara dos Deputados em 27 de abril.

O Auxílio Brasil, criado pelo governo no ano passado, tinha validade apenas para dezembro de 2021, mas seu prazo foi prorrogado por decreto até o fim deste ano. Com o texto aprovado pelo Congresso, ganha caráter permanente. O benefício substituiu o Bolsa Família, consagrado pelos governos petistas e que já foi alvo de críticas do presidente Bolsonaro.

Poder 360

Fátima Bezerra vem a São Paulo do Potengi no Sábado

Noticiamos anteriormente que amanhã, 29, Rogério Marinho estará em São Paulo do Potengi.

Há pouco, recebemos a informação de que a Governadora Fátima Bezerra também irá cumprir agenda no município, mas no sábado (29).

A informação é da Raposa Política, que recebeu convite expresso para comparecimento.

Na imagem a seguir, o cronograma da visita.

FEMURN e Banco do Brasil firmam parceria que garante escritório de apoio e consultoria a prefeitos do RN

O Presidente da Federação dos Municípios do RN e Prefeito de São Tomé/RN, Anteomar Pereira – Babá, e o Superintendente Setor Público do Banco do Brasil, Sandro Jacobsen, formalizaram nesta quarta-feira (27), em Brasília, uma parceria entre as instituições que garante a instalação de um escritório de apoio e consultoria a prefeitos do RN.

O escritório exclusivo para atender os prefeitos, funcionará no bairro de Lagoa Nova – Natal, e terá toda a estrutura necessária para reuniões, consultorias e demais demandas dos municípios. A sala será na sede do Escritório Setor Público do Banco do Brasil no Edificio Pró-Natal.

“Estamos sempre em busca de novos parceiros para fortalecer a atuação dos prefeitos e avançar nas demandas do setor público. Nosso trabalho é constante para ajudar os municípios do RN e seguimos com todo esforço e dedicação, ampliando nossa rede de apoio. Temos certeza que com a assinatura deste protocolo, iremos dar mais suporte e apoio aos prefeitos, e sem qualquer custo”, enfatiza Babá.

Endereço da Sala do Cliente Femurn/BB: Av. Miguel Castro, 1095, Ed. Pró-Natal, 7 andar, Bairro Lagoa Nova – Natal RN. Utilização mediante agendamento prévio através do gerente de relacionamento que atende cada município.

Bancário compra iPhone de quase R$ 9 mil pela internet e recebe duas caixas de creme de leite vencidas

Um bancário, que não quis se identificar, teve uma surpresa bem inusitada ao receber uma encomenda feita pela internet. Na hora que abriu a caixa, ao invés de encontrar um dos últimos lançamentos do iPhone – que pagou quase R$ 9 mil -, recebeu duas caixas de creme de leite.

O bancário, de 51 anos, disse que estava esperando pelo aparelho e que a data da entrega nada tinha chegado. “Falaram que iam entregar em um determinado dia, não chegou. Eles me entregaram, nesta quarta-feira (20), peguei a caixa e achei estranho, estava pesado. Quando abri, vi que eram duas caixas de creme de leite”.

O bancário, que teve que pedir um celular emprestado a um amigo, disse que o site onde realizou a compra resolveu o problema e que vai enviar o celular corretamente. “A empresa percebeu o erro, culpou a transportadora, e disse que vai enviar o aparelho correto. Eles se manifestaram rápido e disseram que vão dar outro aparelho”.

A compra foi feita pelo site do Extra, que segundo o bancário, é de confiança. Em conversa com o g1, a vítima disse que já havia feito outras compras no mesmo local e que os produtos sempre chegaram como descritos. Antes de decidir pelo mais recém lançamento do iPhone, o bancário diz ter feito inúmeras pesquisas.

A encomenda foi endereçada ao local de trabalho do bancário. Por lá, todos esperavam o iPhone novo do colega. “Todos estavam esperando, eu falei para todos que estava comprando um celular novo. Quando abri a caixa todos deram risada da minha situação, inclusive eu achei muito cômico”, relembra a vítima com risadas.

“Assim que me deparei com as caixas de creme de leite, acionei o site. Eles confirmaram que a venda do celular não era terceirizada, então a responsabilidade seria completamente da empresa”, mencionou.
.

A comemoração de Páscoa da turma de pilates do Estúdio Reabilitar

A turma de pilates das 16h do Estúdio Reabilitar, em São Paulo do Potengi, realizou uma confraternização de Páscoa.

A instrutora é a dra Emília Syara

Mulher de 75 anos gasta R$ 500 por mês para manter intacto ovo de Páscoa que ganhou aos 13

Uma mulher de 75 anos possui o que se acredita ser o ovo de Páscoa mais antigo do mundo. Isso porque, quando tinha 13 anos, Hillion Fern ganhou o ovo de seu pai, Aubrey Daulman, que ele comprou em uma loja chamada Sharps. O chocolate, decorado com glacê amarelo em forma de narcisos, esconde um saco de caramelos e chocolates. Na época, Hillion achou que  ele era “muito bonito para comer”, então, decidiu guardar. Hillion, aos 75 anos e já bisavó, ela exibe seu ovo de Páscoa ainda intacto há 62 anos.

A chocólatra confessou que gasta £ 80 por mês (o equivalente a aproximadamente R$ 500) em um recipiente de armazenamento fresco para evitar que o chocolate derreta. Hillion disse que ainda se lembra do dia exato em que ganhou o ovo em 1960, mas planeja mantê-lo desta forma pelo resto de sua vida. O ovo está armazenado em Warwickshire, apesar de ela não morar mais no local.

Hillion, que tem dois filhos adultos, quatro netos e um bisneto, disse ao The Mirror: “Ainda me lembro do dia em que recebi. Era simplesmente tão bonito que eu não queria comer. Pensei comigo mesma: ‘Vou mantê-lo até o Whitsun [Dia Santo de Pentecostes]’, mas nunca comi, então pensei: ‘Ah, vou mantê-lo até o Natal’ e então o Natal chegou e não abri. Tornou-se um desafio depois disso ver quanto tempo eu poderia aguentar”.

“Estou bastante impressionada com minha força de vontade porque sempre amei chocolate. Havia algo especial sobre esse ovo e depois de um tempo, tornou-se precioso demais para comer. Tenho certeza de que é um campeão mundial. Já ouvi falar de ovos de Páscoa antigos, mas nunca embrulhados. Estou confiante de que este é um recorde. Para proteger o ovo do derretimento, pago para que ele fique armazenado. Pode parecer bobagem, mas quero ter certeza de que permanece em perfeitas condições. Ele fica em Warwickshire, mas me mudei para ficar mais perto da minha filha no País de Gales, mas quando morava perto, ia ve-lo ocasionalmente”, explicou.

E finalizou: “Os narcisos de açúcar costumavam ser amarelos brilhantes, mas agora estão ficando um pouco marrons, mas o ovo ainda está intacto e todos os chocolates e caramelos ainda estão dentro. Eu não poderia comê-lo agora, mesmo que quisesse, mas acabou se tornando parte da família e vou mantê-lo para sempre”.

Crescer