Lula demite comandante do Exército e nomeia general que defendeu resultado das urnas

O substituto será o atual comandante militar do Sudeste, general Tomás Miguel Ribeiro Paiva, que defendeu o resultado das urnas como princípio de hierarquia e disciplina

247 – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva demitiu neste sábado o general Júlio César de Arruda do cargo de comandante do Exército.

O substituto será o atual comandante militar do Sudeste, general Tomás Miguel Ribeiro Paiva.

Júlio César de Arruda assumiu interinamente o comando do Exército em 30 de dezembro do ano passado, ainda no governo Jair Bolsonaro.

Foi um acerto com a equipe de transição de Lula para que a troca do comando ocorres antes da posse do novo governo.

O general Tomás Miguel Ribeiro Paiva fez na última quarta-feira um discurso enfático em defesa do resultado da urnas, que levou Lula à Presidência da República.

Tomás Paiva foi chefe de gabinete do general Eduardo Villas Bôas, que comandou o Exército durante o governo de Dilma Rousseff e no governo Temer, e publicou os tuítes em abril de 2018, para pressionar o Supremo Tribunal Militar, no julgamento do habeas corpus que evitaria a prisão de Lula.

BRASIL247

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *