Bolsonaro diz que vai respeitar resultado das eleições caso não seja reeleito

Foto: Domingos Peixoto

O presidente Jair Bolsonaro (PL) saudou motociclistas e apoiadores nas margens da rodovia Presidente Dutra, próximo a Resende (RJ), neste sábado (20), e falou sobre sua tentativa de reeleição no pleito de outubro.

Passaram agora mais de 1000 motos em apoio a gente. A gente fica muito feliz com essa manifestação espontânea por parte da população. E a gente está nesta empreitada buscando a reeleição, se esse for teu entendimento. Caso contrário, a gente respeita. Mas a nossa democracia, nossa liberdade, acima de tudo”, disse o presidente em transmissão ao vivo em suas redes sociais.

O contato de Bolsonaro com o público aconteceu na entrada do Hotel de Trânsito da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), pouco antes de sua participação na cerimônia de formatura de oficiais na instituição. Uma motociata foi convocada de cidades vizinhas até a frente do hotel.

Por volta das 9h, Bolsonaro ficou às margens da rodovia Presidente Dutra, ao lado do candidato a vice-presidente, general Walter Braga Netto, acenando aos motociclistas. Ao contrário de ocasiões anteriores, Bolsonaro não participou do ato dirigindo uma moto ou na garupa de um apoiador.

Depois, o presidente foi à solenidade, mas não discursou. Ele ficou ao lado da primeira-dama Michelle Bolsonaro, do senador Flávio Bolsonaro (PL), de ministros e comandantes das Forças Armadas.

Entre os presentes estavam o ex-ministro da Saúde e candidato a deputado federal, Eduardo Pazuello, os ministros Luiz Eduardo Ramos, Anderson Torres, Augusto Heleno e o vice-presidente Hamilton Mourão. Formado na Aman em 1977, Bolsonaro acompanhou a entrega de espadins a formandos da academia em diversas ocasiões desde que assumiu a Presidência.

CNN Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.