Cinco alunos da Escola Estadual Maurício Freire foram aprovados no SISU 2021

Cinco alunos da Escola Estadual Maurício Freire, localizada em São Paulo do Potengi, foram aprovados no SISU 2021, garantindo vaga em um Curso Superior na Universidade Federal do Rio Grande do Norte e no Instituto Federal de Educação e Tecnologia do RN.

Os aprovados são os seguintes: 1- Maria Mahelli Cordeiro de Moura, Matemática Licenciatura (IFRN). 2 – Maria Jeangela Paula Ferreira , Matemática Licenciatura (IFRN). 3- Yasmin da Silva Justino, Curso Interdisciplinar em Ciências e Tecnologias (UFRN). 4- Bruna Roberta de Araújo, Curso Interdisciplinar em Humanidades (UFRN). 5- Franscisco Lucas da Silva, Curso Interdisciplinar em Ciências e Tecnologias (UFRN).

Todos os que fazem o referido Educandário parabenizam os aprovados. O Maurício Freire tem com atual diretor o professor Expedito e como vice-diretor, o professor Clívio Dias.

Campus do IFRN de São Paulo do Potengi aprovou mais de 70 alunos no SISU 2021

O Campus São Paulo do Potengi do IFRN aprovou mais de 70 estudantes no Sistema de Seleção Unificada (SISU) 2021. Os estudantes foram aprovados em cursos das áreas de Engenharias, Arquitetura e Tecnologias, Ciências da Natureza, Humanas e Sociais, Saúde, Linguagens, Administração e Ciências contábeis e ainda, Matemática. As aprovações ocorreram em diferentes cursos e instituições superiores de ensino, sendo a maioria na UFRN (56), seguida do IFRN (13), UFERSA e UFCG. 

O Campus registrou um incremento de 60% no número de aprovados no SISU nos últimos dois anos. “Estamos muito felizes com o resultado dos nossos estudantes. Embora o foco do IFRN não seja a preparação para o Enem, sabemos que a base sólida que ofertamos acaba sendo um diferencial no exame e contribuindo para a aprovação nas instituições de ensino superior e na carreira acadêmica deles”, destaca o prof. Renato Dantas, Diretor-Geral do Campus SPP do IFRN

Primeira aluna da UERN aprovada na cota para indígenas sonha em advogar pelos direitos do seu povo

Neta de uma liderança indígena, Gabriela Cínthia foi aprovada no SiSU/Uern 2020, no curso de Direito. Natural de Natal e residente em Apodi, Gabriela falou com orgulho sobre sua ancestralidade.

A neta da cacique Lúcia Paiacu Tabajara será a primeira bacharel em Direito da Aldeia Tapuia Paiacu. “Sempre tive a intenção de atuar na área da saúde, mas após ingressar no IFRN e tomar conhecimento de tantas outras questões que até então não tinha, depois de conhecer a autora Djamila Ribeiro e seu posicionamento quanto à questão da negritude, participar de debates sociopolíticos e afins, eu percebi o quão delicados são assuntos assim para os indígenas”, afirmou Gabriela, acrescentando que há poucos estudos e suportes burocráticos para os indígenas, mesmo que estejam assegurados constitucionalmente.

“Acompanhei mais de perto o movimento que minha avó lidera e isso despertou em mim uma indignação com tanta injustiça que o nosso povo vive. Na minha ótica, Direito é uma forma de trazer à aldeia conhecimentos burocráticos e assegurar a ciência dos direitos indígenas”, afirmou a estudante.

Filho de lavadeira passa em 1º lugar no curso de Medicina da UFRN em Caicó: ‘É por você, mainha’

O primeiro sinal de um aprovado no Sisu é a cabeça raspada e a testa riscada com o nome do curso. O de Luiz Gustavo de Oliveira, de 19 anos, é Medicina. E, no caso dele, representa muita superação. Além de toda a adaptação necessária em um ano de pandemia, ele contou com uma ajuda especial: a dedicação da mãe, dona Francileide Marques, que trabalha como lavadeira e também como boleira.

São cerca de 14 horas de trabalho por dia para conseguir ajudar nos estudos do filho. “Eu acordava muito cedo para lavar roupa. Lavava, passava. Quando dava umas 5h30, já soltava as roupas para ir para os bolos. Minha casa é pequena. Eu carregava a batedeira para dentro do meu quarto, cobria com um pano de prato e fechava as portas para ele não ouvir”, conta a mãe.

Por causa da dificuldade financeira dos pais, Luiz Gustavo contou com a ajuda de uma tia, que financiava os estudos dele. Em 2019, concluiu o Ensino Médio, concorreu também ao curso de Medicina, mas não passou.

No ano passado, conseguiu uma bolsa de estudos em um cursinho da cidade. Foram várias noites de sono perdidas, mas a recompensa veio. O jovem fez o Enem e atingiu 940 pontos. Com apenas 19 anos, foi aprovado em primeiro lugar no curso de Medicina da UFRN em Caicó.

UFRN cadastra a partir de segunda-feira aprovados no Sisu 2021

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) realiza a partir desta segunda-feira, 19, o cadastro e matrícula dos candidatos selecionados no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), de acordo com as notas obtidas na edição 2020 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A primeira chamada é voltada aos 6.939 aprovados dentro do número de vagas, que devem enviar a documentação exigida pela UFRN entre os dias 19 e 20 de abril, exclusivamente por meio do site. Eventuais necessidades de retificação ou complementação serão realizadas no dia 22 de abril, no mesmo endereço eletrônico.

A lista de documentos consta no edital de cadastramento e matrícula, disponível no site. Neste ano, será implantado pela primeira vez o processo de heteroidentificação, ao qual serão submetidos os candidatos autodeclarados pretos ou pardos. O procedimento será realizado por meio do envio de um vídeo individual, que será analisado por uma banca composta por três membros. Já os candidatos que desejam preencher as vagas reservadas às pessoas com deficiência devem encaminhar exames e laudos comprobatórios, que serão analisados pela banca de validação de caráter multidisciplinar.

A pró-reitora de Graduação da UFRN, Maria das Vitórias Vieira, ressalta que este será o primeiro ano de cadastro e matrícula 100% remotos, em virtude da pandemia da Covid-19. Os convocados dentro das vagas serão automaticamente matriculados pelo Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa), já os que não enviarem a documentação correta serão eliminados do processo seletivo e não serão incluídos em nova convocação. Pedidos de cadastramento em prazos, horários e locais diferentes dos indicados no edital não serão aceitos.

Outras dúvidas sobre o processo de matrícula podem ser esclarecidas no edital ou exclusivamente pelo e-mail sisu@ufrn.br.

Após prorrogação, inscrições do SiSU 2021/1 terminam hoje

Após o período de prorrogação, termina nesta quarta-feira, 14 de abril, as inscrições no Sistema de Seleção Unificada (SiSU) do primeiro semestre de 2021.

Podem fazer a inscrição no sistema os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, não zeraram a redação, e já concluíram o ensino médio.

Nesta edição estão sendo oferecidas 206.609 vagas em 5.571 cursos de 109 instituições públicas de ensino superior, incluindo universidades federais e estaduais e centros e institutos federais. As vagas são para cursos de graduação presencial e de ensino a distância (EaD) gratuitos.

Volta às aulas no Rio Grande do Norte será debatida nesta terça-feira

Em reunião marcada para ocorrer às 19h30 desta terça-feira (13), o Comitê Científico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap/RN) deverá debater, entre outros pontos, a possibilidade de retorno às aulas presenciais nas redes privada e pública de ensino em todo o Rio Grande do Norte. A retomada imediata das atividades em sala de aula foi requerida pelo Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (MPRN) em Ação Civil Pública movida contra a Secretaria de Estado da Educação, da Cultura e do Lazer (SEEC). As aulas nos ambientes físicos das escolas estão suspensas na rede pública de Educação potiguar desde o dia 17 de março de 2020.

Nesta segunda-feira (12), a governadora Fátima Bezerra abriu, por meio virtual, a Jornada Pedagógica 2021 da rede estadual de ensino promovida SEEC/RN. Na ocasião, ela destacou a importância das atividades em sala de aula no momento oportuno. “A semana pedagógica brota com o desejo de voltarmos às salas de aula, já que a Educação é a escola e não temos como imaginar nação civilizada sem Educação. A Educação é um passaporte para a cidadania como Paulo Freire nos ensinou. Mas o Comitê Científico diz neste momento que não é recomendado o retorno às aulas presenciais e, por isso, estamos discutindo nesta jornada o ensino remoto para que possamos chegar ao maior número de alunos”, frisou.

O MPRN disse à TRIBUNA DO NORTE, por meio da assessoria de imprensa em reportagem publicada no dia 7 deste mês, que a motivação para o ajuizamento da Ação Civil Pública se deu em razão do não atendimento pelo Governo do Estado a uma recomendação expedida pelo próprio órgão ministerial no último dia 31 de março. O ato recomendatório solicitava a inclusão da Educação como atividade essencial e pedia tratamento igualitário em relação às atividades nas escolas públicas e privadas instaladas no território potiguar.

TRIBUNA DO NORTE

Fátima afirma que aulas presenciais retornam quando condições epidemiológicas permitirem

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, acompanhada do vice-governador Antenor Roberto, abriu na manhã desta segunda-feira, 12, por meio virtual, a Jornada Pedagógica 2021 da rede estadual de ensino promovida pela secretaria de Estado da Educação e Cultura (Seec). Ao finalizar a sua participação, a chefe do Executivo estadual falou sobre o retorno das aulas presenciais no RN.

“As atividades presenciais na educação vão retornar quando as condições epidemiológicas avalizadas pelo Comitê Científico permitirem. Deixo duas frases de Paulo Freire que sempre nos inspiram – Ensinar não é só transferir conhecimento, mas criar condições para sua construção; e educar é, antes de tudo, um ato de amor. E mais do que nunca precisamos de amor, de compreensão e cooperação para superarmos as dificuldades”, concluiu.