Silvério Alves

Silvério Alves

Bolsonaro deve determinar fim da bandeira vermelha na energia elétrica

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

O presidente Jair Bolsonaro disse que irá determinar ao Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, que suspenda a aplicação da bandeira tarifária vermelha nas contas de luz e retome a cobrança “normal” a partir do próximo mês.

“Dói a gente autorizar o ministro Bento, das Minas e Energia, a decretar a bandeira vermelha”, disse Bolsonaro em discurso durante conferência religiosa em Brasília.

“Sabemos as dificuldades da energia elétrica. Vou pedir pra ele, pedir não, determinar que ele volte a bandeira normal a partir do mês que vem”, acrescentou o presidente.

A bandeira vermelha estava em vigor desde junho deste ano e representava mais R$ 9,49 a mais na conta de luz por cada kWh consumido pela unidade, um aumento de 6,78%. Bolsonaro disse que o país estava na iminência de um colapso em relação à energia elétrica, mas as chuvas dos últimos dias melhoraram a situação. 

Categorias