Mega-Sena acumula e irá sortear R$ 160 milhões no próximo concurso

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Ninguém acertou as seis dezenas (19-22-37-44-51-56) do concurso 2561 da Mega-Sena, realizado hoje pela Caixa. O prêmio acumulou em R$ 160 milhões para o próximo sorteio, na quarta-feira (8).

Segundo a Caixa, 393 apostas acertaram a quina e levaram R$ 23.693,33 cada. Outras 19.908 apostas fizeram a quadra e levaram R$ 668,17 cada.

Como faço para participar do sorteio da Mega-Sena?

Você precisa fazer uma aposta de seis a 15 números nas lotéricas credenciais pela Caixa, ou no site especial de loterias do banco.

Participam do próximo concurso todas as apostas registradas até 19h do dia do sorteio.

Depende de quantos números você pretende colocar no jogo. A aposta mínima agora custa R$ 4,50, e você tem direito de escolher seis dezenas de 1 a 60. Se quiser colocar um número a mais para aumentar as chances de acerto, o preço do jogo sobe para R$ 31,50. No cenário mais caro, com 15 números no volante, a aposta chega a custar R$ 22.522,50.

UOL

Acumulada há dez sorteios, Mega-Sena pode pagar R$ 135 milhões neste sábado (4)

Acumulada há dez concursos e ainda sem pagar o prêmio principal neste ano, a Mega-Sena volta a ser sorteada neste sábado (4), com a promessa de desembolsar R$ 135 milhões ao apostador que cravar sozinho as seis dezenas reveladas pela loteria.

O sorteio do concurso 2.561 está marcado para as 20h, no Espaço da Sorte, que fica na avenida Paulista, em São Paulo (SP), com transmissão ao vivo pelas redes sociais da Caixa Econômica.

Se levar sozinho o prêmio principal do concurso, o apostador poderá aplicar toda a bolada na poupança e receber R$ 1 milhão de rendimento no primeiro mês. O ganho ainda poderá ser impulsionado com investimentos mais rentáveis com a mesma segurança da caderneta.

Para concorrer à bolada, basta ir a uma casa lotérica até as 19h e marcar de 6 a 15 números do volante; há ainda a opção de deixar que o sistema escolha os números para você (Surpresinha) e/ou concorrer com a mesma aposta por dois, quatro ou oito concursos consecutivos (Teimosinha).

Cada jogo de seis números custa R$ 4,50. Quanto mais números o apostador marcar, maior o preço da aposta e maiores as chances de faturar o prêmio mais cobiçado do país. Outra opção é o Bolão Caixa, que permite ao apostador fazer apostas em grupo.

R7

Ministério dos Direitos Humanos investiga denúncia de 30 adolescentes grávidas de garimpeiros na Terra Yanomami

Foto: Valéria Oliveira/g1 RR/Roraima.

O governo federal apura a denúncia de que 30 meninas Yanomami foram abusadas e engravidaram de garimpeiros ilegais na Terra Yanomami. A informação é do ministro de Direitos Humanos, Silvio Almeida.

“Estamos fazendo um relatório de violação de direitos humanos neste contexto e a Secretaria Nacional da Criança e Adolescente, ao colher as informações, chegou a informação de que haveria ao menos 30 adolescentes grávidas dos garimpeiros. O Ministério de Direitos Humanos e da Cidadania irá fazer, diante desse relato, apurar. A primeira coisa que vamos fazer é apurar. Precisamos pegar esses relatos, ouvir as pessoas”, disse ele em entrevista à GloboNews.

Por G1.

Morre homem que ateou fogo ao próprio corpo em protesto contra STF

O homem que ateou fogo ao próprio corpo, em protesto contra o Supremo Tribunal Federal (STF), morreu na madrugada desta quinta-feira (2/2). Ele estava internado no Hospital Regional da Asa Norte (Hran) havia dois dias, quando se queimou no canteiro central da Esplanada dos Ministérios.

Natural de Botucatu (SP), segundo testemunhas, ele tinha 58 anos e chegou a gritar “Morte ao Xandão”, em referência ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes.

Equipes da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) acionadas para atender a ocorrência e conseguiram apagar o fogo e chamaram o Corpo de Bombeiros (CBMDF).

Com o homem, havia diversos papéis com fotos de pessoas como Johann Georg Elser, conhecido por ter tentado matar o ditador nazista Adolf Hitler; o ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela; e Claus von Stauffenberg, conhecido por comandar a Operação Valquíria, cujo objetivo era assassinar Hitler.

Todas as fotos estavam acompanhadas da frase “Perdeu, Mané”, dita pelo ministro do STF Luís Roberto Barroso ao ser abordado em Nova Iorque (EUA) por outro manifestante bolsonarista.

Metrópoles

Lula anuncia caravana pelo Brasil para “conhecer os reais problemas” do povo

247 – O Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva anunciou em suas redes sociais neste sábado (28) que irá fazer uma caravana pelo Brasil para “conhecer os reais problemas” do povo. 

“Eu tenho quatro anos para provar que o Brasil pode voltar a ser um país que respeita o seu povo. Vou voltar a viajar o país para conhecer os reais problemas, e levarei nossos ministros, porque um país como o Brasil não pode ver o povo passando fome. Bom dia para todos”, anunciou o presidente”. 

“Nós vamos mostrar ao povo brasileiro que o ódio acabou. Que o que aconteceu no dia 8 de janeiro não vai se repetir. Vamos recuperar a democracia nesse país, e a essencialidade da democracia é falar o que quer, desde que não obstrua o direito do outro falar. Por isso, eu falo que o Brasil vai voltar a normalidade”, declarou.

BRASIL247

PF deflagra operação em cinco estados e no DF contra envolvidos nas invasões de Brasília

Manifestantes invadem Congresso, STF e Palácio do Planalto.

Equipes da Polícia Federal estão nas ruas nesta sexta-feira (27) para cumprir a terceira fase da operação Lesa Pátria – relacionada aos envolvidos nos atos do último dia 8.

Segundo material divulgado, serão cumpridos 11 mandados de prisão preventiva e 27 mandados de busca e apreensão em cinco estados e no DF.

Rio de Janeiro: os policiais buscam dois suspeitos de envolvimento nos atos.
Distrito Federal: três alvos, sendo que dois são alvos de mandados de prisão ainda não cumpridos;
Minas Gerais: três alvos – dois mandados de prisão já foram cumpridos;
Paraná, Santa Catarina e Espírito Santo: há mandados sendo cumpridos, mas os números não foram detalhados.

Ainda de acordo com a PF, os fatos investigados “constituem, em tese, os crimes de”:

abolição violenta do Estado Democrático de Direito;
golpe de Estado;
associação criminosa;
incitação ao crime;

destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido.
Em Minas Gerais, foram presos Eduardo Antunes Barcelos, da cidade de Cataguases, e Marcelo Eberle Motta, de Juiz de Fora.

Com informações do G1

Novidade no caso do estudante de medicina da UFRN que caiu de prédio

Lembram da estranhissima morte do jovem estudante de medicina da UFRN, Yago Fernandes ? Ele caiu do 8º andar após um dia com amigos, também estudantes, e até hoje nunca explicaram direito o que aconteceu – se ele se jogou ou foi jogado.

Pois bem: o caso teve novidade hoje (25). A família conseguiu imagens de câmeras de monitoramento e na hora que falaram que Yago caiu o corpo dele não estava lá. 

As imagens podem causar reviravolta no caso, que já havia até sido arquivado pela polícia (já publicamos isso). 

A família já pediu o Ministério Público para reabrir o caso. Inclusive anexando laudo de dois peritos.

Blog do Gustavo Negreiros

Bolsonaro terá que passar por cirurgia quando voltar ao Brasil, diz médico

Foto: Reprodução

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) terá que passar por uma nova cirurgia quando retornar ao Brasil, segundo o médico Antônio Luiz Macedo, que trata do intestino dele desde a facada sofrida na campanha de 2018. A operação é um dos fatores que Bolsonaro deverá levar em conta na decisão de voltar dos EUA.

Macêdo afirma que o paciente será operado ainda em decorrência das sequelas do atentado, mas não antecipa detalhes e diz que espera o retorno dele ao país para marcar a data. A necessidade da operação é confirmada por pessoas próximas ao ex-presidente. Nova operação em território americano está descartada por causa dos altos custos.

Bolsonaro ficou internado nos Estados Unidos, nos dias 9 e 10 deste mês, por causa de uma obstrução intestinal, quadro a que ele está sujeito em razão da facada e das quatro cirurgias posteriores na região. Foi descartada a necessidade de operação, e o ex-presidente voltou para a casa onde está hospedado.

Painel Folha de S. Paulo

Morre mulher Yanomami fotografada com desnutrição grave

Morreu neste domingo (22) a mulher Yanomami fotografada em estado grave de desnutrição, de acordo com a associação Urihi. Em nota, a entidade pediu que a imagem não fosse compartilhada em respeito a uma questão cultural.

“Na cultura Yanomami, após o falecimento, não pronunciamos o nome da pessoa, queimamos todos os seus pertences, e não permitimos que fotografias permaneçam sendo divulgadas. Estamos vivenciando uma crise humanitária, e sabemos que o governo se mobilizou buscando ações que ofereçam todo o suporte que a população necessita neste momento. É um momento triste, mas continuamos com toda força para que o povo Yanomami tenha sua dignidade de volta”, informou a Urihi.

O Ministério da Saúde declarou emergência de saúde pública para combater a falta de assistência sanitária das populações no território Yanomami. Técnicos da pasta resgataram na semana passada ao menos oito crianças em estado grave.

O Antagonista

Lula quer “alimentar crise” com Exército, diz Mourão

O senador eleito pelo Rio Grande do Sul e general da reserva, Hamilton Mourão (Republicanos), disse neste sábado (21.jan.2023) ao jornal Folha de S. Paulo que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) quer “alimentar crise” com Exército ao demitir o comandante da instituição por ele recursar “pedir a cabeça de algum militar, sem que houvesse investigação”.

Segundo apurou o Poder360, o ex-comandante do Exército, o general Júlio César Arruda queria manter a nomeação do tenente-coronel Cid para comandar o 1° BAC (Batalhão de Ações de Comandos) em Goiânia (GO), a partir de fevereiro de 2023.

Lula, por outro lado, queria que a promoção do ex-ajudante de ordens de Bolsonaro fosse revogada por conta das acusações. A recusa custou ao tenente-coronel o preço de cargo da caserna.

Mourão, ex-vice-presidente da República, disse que demissão de Arruda é “péssima para o país”.

Poder360

Quase 100 crianças morreram na Terra Indígena Yanomami em 2022, diz Ministério dos Povos Indígenas

Desde segunda-feira (16), equipes do Ministério da Saúde fazem atendimentos na região e elaboram um diagnóstico sobre saúde Yanomami. Os técnicos da pasta resgataram ao menos oito pacientes crianças, que estão em estado grave.

As ações emergenciais, resultado do diagnóstico, serão conduzida pela ministra dos Povos Indígenas, Sônia Guajajara em conjunto com a Fundação Nacional do Povos Indígenas (Funai) e a Secretaria Especial de Saúde Indigena (Sesai).

Além disso, contará com apoio do Ministério da Saúde, Ministério da Justiça, Ministério do Planejamento e Orçamento e do Ministério de Desenvolvimento Social, Assistência, Família e Combate à Fome.

“Diante da grave crise humanitária que avança sob o território, em reunião emergencial, a presidência, juntamente com o MPl, concluiu que a intervenção é urgente e primordial, assim decidiu-se o acompanhamento da situação in loco”, informou o Ministério.

Devem acompanhar a visita em Roraima os ministros da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, da Defesa, José Múcio, do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias, da Saúde, Nísia Trindade, dos Direitos Humanos e Cidadania, Silvio Almeida, da Secretaria-Geral, Márcio Macedo, dos Povos Indígenas, Sônia Guajajara, e do Gabinete de Segurança Institucional, General Gonçalves Dias.

Também integram a comitiva o comandante da Aeronáutica, Brigadeiro Marcelo Kanitz Damasceno, a presidente da Funai, Joenia Wapichana, e o secretário de Saúde Indígena do Ministério da Saúde, Ricardo Weibe Tapeba.

UFRN é alvo de operação da PF para investigar desvios de recursos federais em 2017. Buscas acontecem em Natal, SP, SC e DF

Da assessoria de imprensa da Polícia Federal no Rio Grande do Norte:

A Polícia Federal (PF), em conjunto com o Ministério Público Federal (MPF) e a Controladoria-Geral da União (CGU), deflagrou na manhã de hoje (19), a Operação Faraó, tendo por objetivo apurar possíveis crimes relacionados ao desvio de recursos públicos federais oriundos do Ministério da Saúde.

Cerca de 90 policiais federais estão cumprindo 20 mandados judiciais de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara Federal/RN, nos municípios de Natal/RN, São Paulo/SP, Balneário Camboriú/SC e Brasília/DF. 

Segundo as investigações, no ano de 2017, o Ministério da Saúde transferiu para a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), aproximadamente R$ 165 milhões para serem empregados na prevenção e combate à doença sífilis no Brasil.

A UFRN contratou a Fundação Norte-Rio-Grandense de Pesquisa e Cultura (FUNPEC), mediante dispensa de licitação, para executar dez metas do que ficou conhecido como projeto “SÍFILIS, NÃO!”.

Ao longo da execução do projeto, notadamente na meta relacionada às ações de publicidade e propaganda, envolvendo recursos da ordem de R$ 50 milhões, foram verificados indícios da prática de diversos tipos de delitos, como fraude à licitação, falsidade ideológica, peculato e lavagem de dinheiro, havendo a atuação direta de inúmeras empresas do segmento publicitário, além de possível envolvimento de servidores públicos.

Não haverá entrevista coletiva.

Bolsonaro gastou menos do que Lula em cartão corporativo no primeiro governo

No período em que esteve na Presidência da República, de janeiro de 2019 ao final de 2022, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) gastou R$27.621.657,23 em 4 anos no CPFG (Cartão de Pagamento do Governo Federal), o popular cartão corporativo. Quando corrigido pela inflação, o total vai a R$ 32.659.369,02.

O valor é menor que os que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) gastou em cada um de seus 2 mandatos. Também fica abaixo do gasto pela ex-presidente Dilma Rousseff (PT) em seu 1º mandato.

Leia os gastos de todos os presidentes com o cartão corporativo desde o 1º mandato de Lula, corrigidos pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) anual:

Lula 1 – R$59.075.679,77

Lula 2 – R$47.943.615,34

Dilma 1 – R$42.359.819,13

Dilma 2 – R$10.212.647,25

Temer – R$15.270.257,50

Bolsonaro – R$32.659.369,02

Os números foram disponibilizados pela Secretaria Geral da Presidência da República depois de pedido de LAI (Lei de Acesso à Informação) da Fiquem Sabendo, agência de dados especializada no acesso a informações públicas.

As informações também foram hospedadas no site do governo.

Há registro de ao menos 21 CPFs (Certidões de Pessoas Físicas) diferentes tendo feito gastos no cartão de Bolsonaro.

A 1ª despesa foi realizada em 4 de janeiro de 2019 –uma compra de R$ 303,78 em uma rede de supermercados. A última, em 4 de dezembro de 2022, curiosamente, também foi feita no mesmo estabelecimento, ao custo de R$ 54,66.

CARTÃO CORPORATIVO

O CPGF foi criado em decreto por Fernando Henrique Cardoso (PSDB), em 2001. Segundo o Portal da Transparência, o cartão corporativo é previsto para:

  • atender a despesas de pequeno vulto (aquelas que não ultrapassem o limite estabelecido na Portaria MF nº 95/2002);
  • atender a despesas eventuais, como viagens e serviços especiais, que exijam pronto pagamento;
  • executar gastos em caráter sigiloso.

Por Poder 360.

93% dos brasileiros condenam ataque terrorista aos Três Poderes, aponta pesquisa Datafolha

Foto: Scarlett Rocha/Agif via Estadão Conteúdo

Pesquisa Datafolha divulgada pelo jornal “Folha de S.Paulo” nesta quarta-feira (11) aponta que 93% dos brasileiros condenam os ataques terroristas feitos por extremistas ao Congresso Nacional, ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao Palácio do Planalto em Brasília no domingo (8).

Na pesquisa, 3% dos entrevistados disseram que são favoráveis aos ataques, 2% disseram que são indiferentes e 1% não souberam opinar.

Foram ouvidas 1.214 pessoas com mais de 16 anos na terça-feira (10) e nesta quarta por telefone em todo o Brasil. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou menos, segundo o Datafolha.

Entre os entrevistados, 46% acreditam que os envolvidos no ataque terrorista devem ser presos. 15% acham que a maioria deveria ir para a prisão e outros 15% acreditam que apenas alguns deveriam ser presos. Para 9% ninguém deveria estar detido, e 4% disseram não saber.

Sobre a aplicação da lei para os extremistas, 77% dos brasileiros acreditam que serão punidos. Desses, 42% esperam uma pena dura, enquanto 35% esperam uma pena mais branda. Ainda, 17% acreditam que nada vai acontecer com os terroristas e 6% disseram não saber.

G1

Na gravação, o procurador do Mato Grosso do Sul Felipe Gimenez afirma que o atual presidente da República foi escolhido pelo serviço eleitoral

Jair Bolsonaro (PL, foto) compartilhou na noite dessa terça (10) no Facebook um vídeo que questiona a eleição de Lula (PT). Na gravação, o procurador do Mato Grosso do Sul Felipe Gimenez afirma que o atual presidente da República foi “escolhido pelo serviço eleitoral e pelos ministros do Supremo Tribunal Federal e do Tribunal Superior Eleitoral”.

Ele acrescenta que, se fosse uma escolha do povo, haveria poder do povo sobre essa escolha, poder do povo sobre o processo de apuração dos votos”. “Como é que você pode ter certeza de que uma imagem que um software mostra numa tela pra você é igual aquilo que saiu da sua consciência? A imagem que você vê é produzida pelo software, que não está sob seu controle, que não foi escrito por você, que 

O vídeo foi apagado depois. A publicação ocorreu dois dias após a invasão de bolsonaristas aos prédios dos três Poderes, em Brasília. Ao comentar o episódio, o ex-presidente, que está nos Estados Unidos, negou ter ligação com os atos de vandalismo e afirmou que as depredações em Brasília “fogem à regra” da democracia.

MP de Contas pede bloqueio de bens de Bolsonaro, Ibaneis e Torres por atos criminosos no DF

O Ministério Público junto ao Tribunal de Contas de União (MPTCU) pediu para a corte o bloqueio de bens do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), do governador afastado do Distrito Federal (DF), Ibaneis Rocha (MDB), e do ex-secretário de Segurança Pública do DF, Anderson Torres.

O pedido – assinado pelo sub-procurador geral do MPTCU, Lucas Rocha Furtado – feito ao ministro do TCU, Bruno Dantas, é justificado pelos atos criminosos do último domingo (8) em Brasília, no qual as sedes dos Três Poderes foram atacadas por bolsonaristas.

“Em razão de processo de Tomada de Contas e do vandalismo ocorrido no Distrito Federal no dia 8 de janeiro de 2023, que provocou inúmeros prejuízos ao erário federal, solicito seja decretada a indisponibilidade de bens”, escreve o pedido.

Além do trio, o sub-procurador também solicita o bloqueio de bens “de outros responsáveis, sobretudo de financiadores de mencionados atos ilegais”.

“Aproveito a oportunidade para me colocar à disposição dessa Corte para novos pedidos de indisponibilidade”, conclui o pedido.

A CNN tenta contato com a defesa de Bolsonaro, Ibaneis e Torres para comentar o pedido.

CNN Brasi

Vejamos o que disse Wlysses Guimarães, pai da Constituição Cidadã de 1988, a mãe da Democracia brasileira

No meio de uma tentativa golpista fracassada praticada por bolsonaristas extremistas, que não aceitam o resultado das eleições de outubro passado, quando no último domingo (8) praticaram atos terroristas de destruição, invadindo as sedes dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, em Brasília, num total desrespeito a Democracia, a Constituição e aos Poderes Constituídos brasileiros.

Barbárie que provocou a repulsa de autoridades, lideranças e pessoas de bem pelo Brasil afora, assim como espalhadas pelo mundo inteiro. Portanto, diante de tão grave desrespeito ao Estado Democrático de Direito vale a pena ler, refletir e defender, a respeito do que disse o pai da Constituição Cidadã de 1988, o grande Wlysses Guimarães.

“Discordar sim. Divergir, sim. Descumprir, jamais. Afrontá-la, nunca. Traidor da Constituição é traidor da Pátria”. ( Wlysses Guimarães ).

PM começa a desmontar acampamento em frente ao QG em Brasília

A Polícia Militar do Distrito Federal começou a desmontar o acampamento que está próximo ao quartel-general do Exército em Brasília.

A medida ocorre após o ministro do STF Alexandre de Moraes ter determinado a desocupação, em 24 horas, das estruturas montadas nas imediações de Quartéis Generais e outras unidades militares que serviram para a prática de atos antidemocráticos. O magistrado também ordenou a prisão em flagrante dos participantes.

A Secretaria de Administração Penitenciária do Distrito Federal informou que os vândalos que invadiram e depredaram as sedes dos três Poderes em Brasília começaram a ser transferidos. Os homens serão levados para o Complexo da Papuda e as mulheres, para a Colmeia, Penitenciária Feminina do DF.

O Antagonista.