Silvério Alves

Silvério Alves

Com diminuição dos casos de Covid-19, hospitais regionais retomam cirurgias eletivas; dentre eles, o de São Paulo do Potengi

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Após meses de suspensão, a retomada de cirurgias eletivas no Rio Grande do Norte está começando a ser possível diante da diminuição do número de pacientes acometidos pela Covid-19. Com o  trabalho conjunto entre a gestão da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e as direções dos hospitais regionais, a expectativa é de que a partir de agosto os hospitais regionais de todo RN alcancem a meta de realização de duas mil cirurgias por mês.

O Hospital Regional Lindolfo Gomes Vidal, em Santo Antônio, no Agreste potiguar, comemora o retorno das atividades cirúrgicas, até então suspensas em razão da pandemia da Covid-19. O hospital compõe a 1ª Região de Saúde do RN e terá papel importante na realização de procedimentos eletivos e na diminuição das filas de espera por cirurgias.

Os procedimentos serão realizadas em diferentes hospitais em todas as regionais de saúde, concentrados nas cidades de Santo Antônio, Apodi, Caraúbas, Mossoró, João Câmara, Lajes, Guamaré, Parelhas, Caicó, Currais Novos, Jardim do Seridó, São Paulo do Potengi, Alexandria, Tenente Ananias, Almino Afonso, Pau dos Ferros, Natal, Parnamirim, São Gonçalo e Assu. A retomada das cirurgias eletivas foi oficializada com a publicação da Portaria Número 1797 na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) de 6 de julho de 2021.

As cirurgias eletivas que o estado oferece são diversas, desde cirurgias gerais como hérnia e vesícula, até cirurgias ginecológicas como a de histerectomias, reversão de ostomias, vasculares e urológicas. As mais demandadas são as gerais e ginecológicas de média complexidade, como hérniorrafias, colescistectomias, histerectomias. As de menor risco são feitas nos hospitais regionais e as de maior porte nos hospitais que possuem retaguarda de UTI.

98 FM

Categorias