Resultado do Janeiro Branco nas Unidades de Saúde de Riachuelo/RN

A Equipe Multi da secretaria municipal de Saúde de Riachuelo, desenvolveu ação sobre o Janeiro Branco nas UBS’s Deusa Maria Brito, no Centro, e Maria Luiza da Conceição, no Bairro Nossa Senhora da Conceição.

Durante a ação, que aconteceu nas salas de espera das unidades, os participantes puderam assistir a palestras sobre a temática Conscientização da Saúde Mental dos munícipes

Além da conversa, foi mediada também uma dinâmica interativa sobre emoções e sentimentos negativos que induzem a uma saúde mental fragilizada. Os participantes da dinâmica foram os pacientes e os profissionais das UBS’s.

As profissionais da Equipe Multi, a Psicóloga Byanca Medeiros e a Assistente Social Myrella Nascimento desenvolveram a ação.

Número de adolescentes hospitalizados por cigarro eletrônico quadruplica em 1 ano no Reino Unido e acende alerta para o Brasil

O número menores de 18 anos hospitalizados no Reino Unido por causa de cigarro eletrônico quadruplicou em apenas um ano. Em 2022, foram registradas 32 internações enquanto que no ano anterior foram oito. Os dados são do Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS UK).

Os especialistas pedem uma maior repressão ao uso dos cigarros eletrônicos, alertando que o número de internações só aumentará. A prevalência do uso desses dispositivos — que podem conter tanta nicotina quanto 50 cigarros — dobrou entre os menores de idade em uma década, no Reino Unido.

Apesar de a venda a menores de 18 anos ser ilegal no Reino Unido, dados apontam que um em cada 10 alunos do ensino médio é usuário regular de cigarros eletrônicos. Quase todas as ruas principais agora têm uma loja de vape, com cigarros eletrônicos vendidos por apenas 5 libras.

Cerca de 20% dos jovens brasileiros fazem uso do cigarro eletrônico, aponta o relatório Covitel divulgado no ano passado. O levantamento foi feito com mais de 9 mil pessoas em todo o país. No Brasil, a venda destes tipos de dispositivos é ilegal.

Os números sobre internações hospitalares entre crianças e adolescentes foram obtidas pela rádio britânica LBC, via Freedom of Information (FOI), mecanismo semelhante à Lei de Acesso a Informação no Brasil.

Os dados mostram que 15 das internações ocorreram com crianças menores de 10 anos. E, entre todas as faixas etárias, as hospitalizações relacionadas ao cigarro quase dobraram, chegando a 344.

O NHS, que forneceu os dados, não informou se todas as 32 hospitalizações entre menores de 18 anos eram de crianças diferentes. Isso significa que alguns dos casos podem ter sido a mesma criança que precisou de mais de uma sessão de tratamento.

Os dados fornecidos não detalharam com quais problemas de saúde as crianças e adolescentes chegaram aos hospitais para necessitarem de internação. Mas o cigarro eletrônico pode causar problemas respiratórios, como falta de ar, dor no peito, inflamação pulmonar e, em casos graves, insuficiência respiratória.

Os cigarros eletrônicos permitem que as pessoas inalem a nicotina em um vapor — produzido pelo aquecimento de um líquido, que normalmente contém propilenoglicol, glicerina, aromatizantes e outros produtos químicos.

Ao contrário dos cigarros tradicionais, eles não contêm tabaco, nem produzem alcatrão ou carbono — dois dos elementos mais perigosos. Mas eles podem incluir centenas de produtos químicos não regulamentados, alguns dos quais são “cancerígenos conhecidos”, de acordo com um estudo publicado na Frontiers in Pediatrics em outubro passado.

O Globo

A psicóloga Flávia Alves é a nova secretária municipal de Saúde de São Paulo do Potengi

A psicóloga potengiense Flávia Roberta de Araújo Alves é a nova secretária municipal de Saúde de São Paulo do Potengi. A nova secretária já toma posse oficialmente nesta quarta-feira, 1º de fevereiro. A portaria com a nomeação de Flávia, foi publicada na edição do Diário Oficial do Município desta terça-feira, 31 de janeiro.

Flávia é psicóloga formada pela UFRN, possui formação em Psicologia Hospitalar pelo Centro de Psicoterapia Existencial de São Paulo, é especialista em Terapia Familiar pelo Centro de Ciências da Saúde, da UFRN, é especialista em Cuidados Paliativos pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais e membro do Laboratório de Estudos em Tanatologia e Humanização das Práticas em Saúde – LETHES/UFRN.

Flávia conta ainda em seu vasto currículo com experiência consolidada em Oncologia, atuando por 20 anos na Liga Contra o Câncer. Ela é psico-oncologista certificada pela Sociedade Brasileira de Psico-Oncologia, órgão onde ela é membro da Diretoria.

Em São Paulo do Potengi, ela é psicóloga do quadro efetivo, e na gestão atual do prefeito Pacelli é a coordenadora do Núcleo de Educação em Saúde e desenvolveu vários projetos como o Escuta Psi e Acolhimento a Família Enlutada pela Covid-19, bem como o projeto Momento Mais Saúde, o Fórum Regional de Combate ao Câncer de Cabeça e Pescoço, o Outubro Itinerante e o Novembro Itinerante.

SPP News

RN teve 28 óbitos confirmados para dengue e chikungunya em 2022

O Rio Grande do Norte teve aumento nos casos de arboviroses no ano de 2022. É o que mostra o boletim com compilado entre todas as semanas epidemiológicas do ano passado, divulgado nessa quinta-feira (12) pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), por meio do Programa Estadual de Controle das Arboviroses. Ao todo, 28 óbitos foram confirmados para as doenças.

A dengue foi a que teve o maior registro de casos confirmados, com 12.664. Ao todo, foram notificados 55.930 casos de dengue no estado. Além dos confirmados, houve 42.552 considerados prováveis, 13.378 descartados, 21 óbitos confirmados e 8 em processo de investigação. A incidência apresentada foi de 1194,98 casos prováveis por 100 mil habitantes.

Com relação à Chikungunya, foram notificados, em 2022, 18.905 casos da doença, sendo confirmados 4.722 casos, 14.183 casos considerados prováveis, 5.446 descartados e 7 óbitos confirmados. A incidência foi de 398,30 casos prováveis por 100 mil habitantes.

Já no que diz respeito à Zika, em 2022, foram notificados 7.997 casos da doença, sendo confirmados 694 casos, 3.369 casos considerados prováveis, 4.628 descartados e nenhum óbito confirmado. A incidência foi de 94,61 casos prováveis por 100 mil habitantes.

“Em 2022 o Rio Grande do Norte vivenciou uma epidemia das arboviroses. As notificações no estado começaram a subir a partir do início do ano, atingindo um maior patamar em torno da Semana Epidemiológica 20. Dessa semana em diante, a curva das notificações começou a cair, mantendo essa tendência até o final de 2022. Essa queda consiste num reflexo da variação sazonal dessas doenças, pois o período compreendido entre novembro e maio, caracterizado por altas temperaturas e chuvas, tende a favorecer a reprodução do mosquito transmissor, aumentando a disseminação das arboviroses”, explicou a responsável técnica pelo Programa Estadual de Controle da Dengue, Sílvia Dinara.

Prevenção

Embora se observe uma diminuição das notificações, a Sesap reforça a importância de se continuar com os cuidados de prevenção, já que o RN se encontra no período de sazonalidade das arboviroses. Entre esses cuidados destacam-se:

• Mantenham os quintais livres de possíveis criadouros do mosquito;
• Esfreguem com bucha as vasilhas ou reservatórios de água de seus animais;
• Não coloquem lixo em terrenos baldios;
• Mantenham as caixas d´água sempre tampadas;
• Observem vasos e pratos de plantas que acumulam água parada;
• Observem locais que possam acumular água parada como: bandeja de bebedouros e de geladeiras, ralos, pias e vasos sanitários sem uso;
• Recebam a visita do agente de endemias, aproveitando a oportunidade para tirar possíveis dúvidas;
• Mantenham em local coberto, pneus inservíveis e outros objetos que possam acumular água.

Tribuna do Norte

Médicos anestesistas suspendem paralisação e cirurgias eletivas são retomadas no RN

Foto: Hospital Memorial/Divulgação

Os médicos anestesistas da cooperativa contratada pela prefeitura de Natal e pelo Governo do Estado para realização de cirurgias pela rede pública de saúde decidiram, nesta sexta-feira, (13), suspender a paralisação das atividades iniciada no dia 15 de dezembro do ano passado e o retorno imediato das cirurgias eletivas.

Embora os atendimentos de urgência e emergência tenham sido mantidos, procedimentos como cirurgias eletivas e exames ficaram paralisados por quase um mês, o que causou superlotação de unidades de saúde como o Hospital Walfredo Gurgel, na Zona Leste de Natal.

A estimativa é de que a paralisação tenha causado o atraso de cerca de 5 mil procedimentos.

A decisão da cooperativa de voltar ao trabalho ocorreu por meio de votação unânime, após uma reunião realizada com representantes das secretarias municipal e estadual de Saúde e o pagamento de parte dos recursos devido pelo poder público.

A Secretaria do Estado da Saúde Pública (Sesap) notificou que o pagamento pactuado com a cooperativa dos anestesiologistas foi efetivado na tarde desta quinta-feira (12) a partir dos valores faturados, seguindo o mesmo padrão rotineiro.

Portal 98FM

Barcelona/RN lança a campanha Janeiro Branco em prol da saúde mental

Janeiro Branco é uma campanha promovida pela Secretaria Municipal de Saúde, que convida as pessoas a refletirem sobre a saúde mental. O objetivo da campanha é colocar esse tema em evidência, promovendo a conscientização sobre a importância da prevenção da doença emocional que afeta muita gente pelo Brasil afora. Algo que gera impactos preocupantes em nossa população.

Mãe que estava em fila de transplante recebe órgãos de filho morto em acidente de moto no interior de São Paulo

Os rins de Kauan Farias, 20 anos, morto após um acidente de trânsito em 1º de janeiro, deram a mãe dele, Graziele Farias, de 37 anos, uma segunda chance para viver. A mulher estava na fila de transplante, desde 2018, uma vez que os rins dela pararam de funcionar devido a uma crise severa de hipertensão. Por ter recebido o diagnóstico de morte encefálica, na terça-feira (3/1), a família autorizou a doação dos órgãos do rapaz, mesmo antes de saber que eles poderiam ser destinados a Graziele.

Após descobrir que o Hospital das Clínicas de Botucatu havia confirmado a compatibilidade para o transplante entre mãe e filho, Graziele aceitou receber o rim de Kauan. De acordo com a legislação que normatiza os transplantes no país, parentes que estejam na fila de espera têm prioridade em relação aos órgãos de um familiar que se tornou doador após morte encefálica.

“Ela quis ter para sempre dentro dela um pedacinho do filho. Em meio a toda a dor, tivemos essa a boa notícia de que minha irmã estava em condições de fazer a cirurgia”, conta Nayara Furquim do Amaral.

Conforme relatado pela tia do jovem, o sobrinho, antes de morrer, não se conformava em ver o sofrimento da mãe e queria ajudá-la, doando um rim. No entanto, Kauan não tinha a idade exigida por lei — 23 anos.

Nesse meio tempo, o rapaz assumiu a responsabilidade de ajudar a familiar em tarefas do dia a dia e acompanhá-la nas sessões de hemodiálise no hospital, feita três vezes por semana, até que pudesse fazer a doação.

“Ele dizia que quanto completasse a idade exigida, doaria um rim para a mãe. Minha irmã certamente nem lembrou da intenção do Kauan em doar um rim para ela. Mas, mesmo devastada, não pensou duas vezes em autorizar a doação. Ela queria que um pedacinho dele pudesse salvar outras pessoas”, disse Nayara.

Os rins de Kauan foram captados em uma cirurgia múltipla realizada na quarta-feira (4), com apoio de cerca de 40 profissionais. No dia seguinte, Graziele recebeu o órgão do filho em um procedimento inédito este ano, realizado no no Hospital das Clínicas de Botucatu (SP). Agora, a mulher segue internada para recuperação. De acordo com familiares, a cirurgia foi bem-sucedida e não teve intercorrências.

Com informações de Metrópoles

Mais Médicos será retomado com ofertas para médicos estrangeiros

O novo secretário de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde, Nésio Fernandes, afirma que o programa Mais Médicos será retomado imediatamente e que as vagas pelas quais brasileiros não se interessarem deverão ser oferecidas para profissionais estrangeiros.

Não há previsão de repetir a cooperação com Cuba nos moldes anteriores, com participação da Opas (Organização Pan-Americana de Saúde).

O secretário explica que as vagas serão oferecidas inicialmente aos médicos brasileiros com registro nos conselhos regionais. Depois, os postos não preenchidos poderão ser pleiteados por brasileiros formados no exterior e por estrangeiros.

Folha de S. Paulo

Casos de HIV/Aids aumentam quase 40% no RN; crescimento em gestantes ultrapassa 70%

Os casos de HIV cresceram aproximadamente 40% no Rio Grande do Norte nos últimos 10 anos. O aumento é ainda mais substancial quando se trata das gestantes infectadas pelo vírus: 74%. Os óbitos também se tornaram mais ocorrentes em 19,4%. Os dados são da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).

Apenas em Natal, segundo informações publicadas no último boletim epidemiológico da Prefeitura da Capital potiguar, foram notificados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), até agosto de 2022, 1.482 novos casos de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), dos quais 304 casos foram de HIV/Aids. A taxa de mortalidade de Aids adulto na capital, no mesmo período, aumentou 41,6%, quando comparado ao ano anterior.

O infectologista do Hapvida NotreDame Intermédica, Claudio Penido Campos Jr, explica que o diagnóstico precoce de infecção pelo vírus HIV é fundamental. “Quando iniciado logo, o tratamento é capaz, na maioria dos casos, de tornar o indivíduo indetectável, ou seja, ele não vai mais transmitir o vírus, tampouco desenvolver Aids, e o mais importante: vai levar uma vida normal”, afirma.

O relatório anual de 2022 do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids), divulgado em setembro deste ano, mostra que o número de casos de pessoas que vivem com HIV, no Brasil, dobrou nos últimos 20 anos, e 12% do total desconhecem que têm o vírus. 

Em números absolutos, o relatório estima que 400 mil adultos e crianças viviam com HIV no Brasil em 2002. Vinte anos depois, são 960 mil. O documento inclui o Brasil entre os 38 países do mundo com estimativas de aumento de novas infecções por HIV e que impactam no progresso global de redução de casos.

O Dia Mundial de Combate à Aids foi comemorado em 1º de dezembro e tem por função alertar toda a sociedade sobre essa doença. A data foi escolhida pela Organização Mundial de Saúde (OMS), e é celebrada anualmente desde 1988, no Brasil.

Tribuna do Norte

Prefeito Pacelli se reuniu com gestores da Saúde Municipal de São Paulo do Potengi

O prefeito de São Paulo do Potengi, Pacelli Souto, e a secretária municipal de Saúde, Kátia Marques, reuniram-se na manhã da última quinta-feira, 1º, com os gestores e coordenadores da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), no auditório do Sindicato Rural de São Paulo do Potengi. A reunião teve como objetivo potencializar a Saúde do Município, traçando metas para otimizar o atendimento e a prestação do serviço da Saúde aos potengienses.

Riachuelo/RN realizou capacitação de informatização no atendimento a Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde de Riachuelo promoveu encontro para treinamento do Prontuário Eletrônico do Cidadão (PEC) para a Equipe Multiprofissional, além de realizar a apresentação dos resultados da Equipe Saúde da Família.

Evento aconteceu na manhã dessa quarta-feira, 30/11, na Câmara Municipal local. A capacitação contou com a apresentação de Aldenira Joacla – coordenadora da Atenção Primária e do o Sr. Halyson – representante da empresa Kleber Soluções.

Sesap distribui primeira remessa de medicamento contra Covid-19

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), através da Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat), distribuiu às oito Regionais de Saúde do Rio Grande do Norte o medicamento Paxlovid, indicado para o tratamento da Covid-19 e aprovado para uso emergencial pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em março deste ano.

O estado recebeu do Ministério da Saúde um total de 22.500 comprimidos, que poderão ser utilizados para 750 tratamentos em adultos que não requerem oxigênio suplementar, mas que apresentam risco aumentado de progressão para Covid-19 grave. O medicamento deve ser administrado após resultados positivos de teste viral direto de SARS-CoV-2, e no prazo máximo de 5 dias após o início dos sintomas.

O Ministério da Saúde em conjunto com diversos representantes da sociedade médica produziu o “Guia para uso do antiviral nirmatrelvir/ritonavir em pacientes com covid-19, não hospitalizados e de alto risco”. O documento trata sobre diferentes temas referentes ao uso deste antiviral como: pré-requisitos, definição de caso, diagnóstico, posologia, critérios para utilização, comorbidades, limitações de uso, precauções, contraindicações, interações medicamentosas,reações adversas, entre outros.

Para os critérios de distribuição aos estados foram considerados pelo Ministério da Saúde: taxa populacional (IBGE); casos confirmados de Covid-19 a partir dos 18 anos; casos confirmados de Covid-19 acima de 65 anos; e casos confirmados de Covid-19 em pacientes imunossuprimidos no período de 01 a 30 de setembro de 2022.

Rede privada será contratada para zerar a fila de cirurgias no RN

A Secretaria Estadual da Saúde Pública (Sesap/RN) vai contratar hospitais privados de Natal e de Mossoró para atender a demanda de cirurgias vasculares no estado. A intenção é que, em até três meses, seja zerada a fila de espera, que até a última sexta-feira (18) contabilizava 263 pacientes. Serão, no mínimo, 100 cirurgias por mês e a secretaria diz que ainda nesta semana deverá detalhar quais hospitais realizarão os procedimentos e de qual forma os pacientes serão regulados.

Nos últimos três meses, a fila de pessoas aguardando procedimentos vasculares mais que dobrou no RN: passou de 147 para quase 300, conforme registrado pela TRIBUNA DO NORTE no início deste mês. Um deles, o aposentado José Alves de Souza, de 78 anos, acabou falecendo vítima de uma infecção generalizada no final de outubro, enquanto aguardava por uma cirurgia.

Diante da gravidade da situação, o Conselho Regional de Medicina do RN (Cremern) ajuizou ação civil pública e, em sessão de mediação realizada na última quinta-feira (17), pela Justiça Federal, ficou definida uma “força-tarefa” para a realização dos procedimentos e garantida a contratação dos hospitais privados por 90 dias, podendo o prazo ser prorrogado. Representantes dos Ministérios Públicos Estadual e Federal, além das Defensorias Públicas do Estado e da União, também acompanharam a audiência.

Tribuna do Norte

Secretaria de Saúde de São Tomé/RN realiza evento “Ação em Saúde do Trabalhador”

Na última quarta-feira, dia 16, uma equipe da Secretaria Municipal de Saúde esteve no Hospital Rita Leonor de Medeiros, para realizar o evento “Ação em Saúde do Trabalhador” – Cuidar de quem cuida.

Essa ação foi realizada com o propósito de ofertar aos servidores do referido Hospital, serviços de saúde como atendimento médico, nutricionista, psicóloga, testes rápidos, entre outros serviços, valorizando e dando importância merecida aos servidores, que com muita competência estão e estarão sempre preparados para cuidar da saúde dos Santomeenses.

O vice-prefeito Gá, representando o prefeito Babá, participou do evento.

A Saúde Mental no Trabalho deve ser trabalhada com urgência nas empresas

De Eduardo Fidelis

Quando observamos empresas de grande porte e as mais consolidadas no mercado, podemos pontuar alguns programas de prevenção e Segurança do Trabalho.

Isso é diferentemente das médias e pequenas empresas – onde cultura organizacional é pouco fomentada – devido aos seus formatos – o que traz uma grande preocupação. A saúde mental no trabalho é o primeiro fator que fará o funcionário permanecer e construir carreira naquela organização, isso é a retenção.

Este cenário pode ser observado pela rotatividade de funcionários que vem crescendo ao longo dos anos de forma assustadora, por vários fatores internos do ambiente de trabalho, e que estão diretamente relacionados à falta de Saúde Mental no Trabalho – o mercado não deve “fechar os olhos para isso”.

Assim sendo, o funcionário que tem saúde mental, poderá produzir mais. A Saúde Mental no Trabalho deve ser trabalhada com urgência nas empresas.

Sede da Prefeitura de São Paulo do Potengi foi iluminada com a cor azul marcando o início da campanha de prevenção e combate ao câncer de próstata

Na noite dessa terça-feira, 1º, o Palácio Francisco Cabral da Silva, sede da Prefeitura de São Paulo do Potengi, foi iluminado com a cor azul, marcando a chegada do mês de novembro e o início da campanha ‘Novembro Azul’ que reforça a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata.

IFRN Campus São Paulo do Potengi promoveu evento de conscientização sobre o câncer de mama

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) Campus São Paulo do Potengi, realizou uma roda de conversa para conscientização sobre a detecção precoce do câncer de mama, intitulada “outubro itinerante”. A atividade contou com a presença de profissionais da saúde do município, servidoras, servidores do IFRN, colaboradoras da empresas terceirizadas do campus e alunas do projeto de Extensão Mulheres Mil.

O enfermeiro, Agnaldo França, falou mais sobre a ação: “A importância da parceria entre os órgãos é muito grande, isso acaba fomentando as ações de promoção e prevenção em saúde”.

Prefeitura de São Paulo do Potengi inicia inscrições para o Projeto Gestante Saudável

A Prefeitura de São Paulo do Potengi, através da Secretaria Municipal de Saúde e SEMJEL, realiza nos dias 24 e 25 de outubro (hoje e amanhã) as inscrições para o Projeto Gestante Saudável com o intuito de ofertar treinamento de força e muito mais para melhorar o seu dia a dia. Esses exercícios além de fortalecer a musculatura, facilita o parto normal, ajuda no pós parto, auxilia no combate à diabetes gestacional, obesidade e problemas cardiovasculares.

As inscrições acontecerão nos dias 2u e 25/10 (hoje e amanhã na SEMJEL, e terá início com a parte prática dia 26/10 às 16:45 na SEMJEL.

Venha participar desse projeto e tenha uma gestação repleta de benefícios!

São Paulo do Potengi desenvolve Projeto Outubro Rosa Itinerante

A Prefeitura de São Paulo do Potengi, através da Secretaria Municipal de Saúde, com o objetivo de disseminar informações que visem a conscientização, prevenção do câncer de mama e o autocuidado, está desenvolvendo o Projeto Outubro Itinerante, cujas ações foram realizadas nessa quarta-feira (19) pela manhã no Centro de Atenção Psicossocial – CAPS – Maria Terezinha Trajano, e a tarde no IFRN Campus São Paulo do Potengi.

Os usuários e equipe do CAPS, do Núcleo de Educação, e os colaboradores e integrantes de projetos do IFRN, estiveram partilhando da temática, conduzida pelas profissionais de saúde Flávia Alves @flavia23alves (Psico-Oncologista) e Larissa Souto @larissasoutofds (enfermeira oncológica).