Nota de recuo de Bolsonaro tem apoio de 55%; entre apoiadores, taxa vai a 65%, mostra pesquisa PoderData

Pesquisa PoderData realizada nesta semana (13-15.set.2021) mostra que mais da metade dos brasileiros avaliam que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) agiu de forma correta ao divulgar nota de recuo sobre menções ao ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), e em aceno aos outros Poderes. Para 30%, a atitude do chefe do Executivo federal foi um erro. Outros 15% não souberam responder.

A “Declaração à Nação” foi publicada em 9 de setembro e foi escrita com a ajuda do ex-presidente Michel Temer. No documento, Bolsonaro afirmou que nunca teve “nenhuma intenção de agredir quaisquer dos Poderes” e que ofendeu Alexandre de Moraes no “calor do momento”. A carta moderou o tom depois de o chefe do Executivo ter dito durante as manifestações do 7 de Setembro que não mais cumpriria decisões da Justiça assinadas por Moraes, a quem chamou de “canalha”.

A oposição ao governo federal enquadrou a nota como “um ato de fraqueza do presidente”: no Twitter, a hashtag #BolsonaroArregou ficou entre os assuntos mais comentados da rede social. A pesquisa, no entanto, mostra que o gesto de moderação do presidente foi bem recebido mesmo entre os que não simpatizam com ele.

Esta pesquisa foi realizada no período de 13 a 15 de setembro de 2021 pelo PoderData, a divisão de estudos estatísticos do Poder360. Foram 2.500 entrevistas em 441 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. Saiba mais sobre a metodologia lendo matéria completa AQUI.

Poder 360

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.