Silvério Alves

Silvério Alves

Fábio Faria e Paulo Guedes se uniram para tirar Rogério Marinho da Casa Civil

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

A articulação para levar o senador Ciro Nogueira (PP-PI) para a Casa Civil foi liderada, nos bastidores, por dois ministros do governo: Paulo Guedes, da Economia, e Fábio Faria, das Comunicações.

Os dois se uniram para evitar que um inimigo político em comum fosse promovido pelo presidente Jair Bolsonaro para a Casa Civil: o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

Bolsonaro decidiu sacar o general Luiz Eduardo Ramos da Casa Civil após caciques do Centrão, entre eles, o próprio Ciro Nogueira, intensificarem as reclamações contra o militar.

Nogueira, particularmente, ficou irritado com a autorização, pelo governo federal, de um empréstimo de R$ 800 milhões para o Piauí, estado governado por Wellington Dias (PT), adversário do presidente do Progressistas.

Com a decisão de tirar Ramos, alguns auxiliares de Bolsonaro tentaram convencer o presidente a transferir Marinho para a Casa Civil. Foi aí que os ministros da Economia e das Comunicações resolveram se unir.

Ambos são adversários de Marinho.

Guedes, por divergências na área econômica. Faria disputa com Marinho o apoio de Bolsonaro para a disputa ao Senado pelo Rio Grande do Norte em 2022.

Metrópoles

Categorias