Babá, prefeito de São Tomé/RN (presidente da FEMURN) destaca liderança dos prefeitos

Jornalistas da Jovem Pan News Natal entrevistam o prefeito Anteomar Pereira, presidente da FEMURN

O presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte, prefeito Anteomar Pereira, o “Babá”, confirma que 100 prefeitos já estão engajados na campanha de reeleição de Jair Bolsonaro a presidente do Brasil, a fim de ampliar a votação do presidente Jair Bolsonaro no Estado

“A liderança municipal tem uma influência muito grande para o eleitor, porque ela está mais perto no dia a dia, essa eleição mostrou que os prefeitos teriam um papel fundamental, mais de 100 prefeitos estavam com a governadora e reelegeram Fátima”, argumentou Anteomar Pereira, descartando dificuldades na reversão desse voto pró-Bolsonaro, assim como foram fundamentais na vitória do ex-ministro Rogério Marinho para senador da República.

No primeiro turno, apesar de muitos prefeitos votarem no presidente Bolsonaro, segundo Anteomar Pereira, que administra o município de São Tomé, “muitos não queriam fazer declarações de apoio ou realizarem campanha diretamente junto ao eleitorado, “para não prejudicar os demais candidatos” para deputados federal e estadual, senador e até a ao governo do Estado: “Se pegar as dez maiores votações de Bolsonaro no Rio Grande do Norte, aqueles prefeitos que foram pra frente e pra cima, o percentual de votos válidos ficou acima da média nacional, acima de 37%”.
“Babá” citou o exemplo de Parnamirim, onde houve a única vitória de Bolsonaro no primeiro turno, com 48,69% dos votos válidos e em Natal, onde o presidente ficou em segundo lugar, mas obteve 42,01% dos votos.

“Quando o prefeito decidiu pedir o voto mesmo, ele conseguiu, não reverter o quadro no primeiro turno”, disse “Babá”, porque a prioridade, naquele momento, era as votações de seus candidatos a senador e deputados, cargos que não existem dois turnos.

“A maioria dos prefeitos trabalhou com essa possibilidade, de no segundo turno se engajar na eleição presidencial”, afirmou “Babá”, que acrescentou: “É o que vai acontecer agora, em torno de 100 prefeitos se comprometeram a fazer esse engajamento na campanha de Bolsonaro”.

Segundo “Babá”, a meta dos prefeitos é ampliar a votação do presidente nos municípios do Rio Grande do Norte, que no primeiro turno teve uma votação de 31% dos votos válidos.

“Costumo dizer que nós prefeitos, somos líderes, então a gente tem que liderar esse processos nos municípios, mostrar à população a verdade, o que pode acontecer com cada um”, declarou ele, reconhecendo que os municípios “nunca tiveram tão bem com relação a distribuição de recursos do governo federal”.

Segundo o prefeito, a população também tem sido diretamente beneficiada com repasses de recursos federais. “O Auxílio Brasil que antes era o Bolsa Familia era de R$ 90,00, hoje o Auxílio é de R$ 600,00, não só os municípios, a população está sendo beneficiada com essa distribuição de renda do governo federal”.

Tribuna do Norte

.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *