STF decide que Lula não pode ser preso até julgamento de habeas corpus, no dia 4

Resultado de imagem para lula feliz

O Plenário do STF discutiu preliminarmente a validade do habeas corpus impetrado pela defesa de Lula. Na oportunidade, 7 votaram a favor e 4 contra, de modo que ficou decidido que julgariam o mérito do habeas corpus

Dado o adiantar da hora, a discussão do mérito do pedido da defesa de Lula foi adiada para o dia 4 de abril. 

Como o Julgamento da prisão de Lula pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região ocorrerá antes do dia 04 de abril, a defesa do ex-presidente pediu e o STF, por 6 votos a 5, concedeu liminar que impede que Lula seja preso antes do fim do julgamento, de modo que, se lula for preso, só o será após 4 de Abril. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.