Joe Biden critica Vladimir Putin em discurso na Polônia: ‘Pelo amor de Deus, este homem não pode permanecer no poder’

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse que o russo Vladimir Putin “não pode permanecer no poder”. Ele deu a declaração durante em discurso neste sábado (26) no palácio real, em Varsóvia, na Polônia, durante o qual falou sobre a guerra na Ucrânia, que foi invadida pelas forças de Moscou em 24 de fevereiro.

“Nós teremos um futuro diferente, um futuro mais brilhante arraigado na democracia e, principalmente, em esperança e luz”, disse Biden ao concluir o seu abrangente discurso. “Pelo amor de Deus, este homem não pode permanecer no poder.”

Já o porta-voz-chefe do Kremlin rejeitou o comentário do presidente americano e afirmou que os russos escolhem quem será seu líder. Questionado sobre a declaração de Biden, Dmitry Peskov disse à agência de notícias Reuteres: “Não cabe a Biden decidir. O presidente da Rússia é eleito pelos russos”.

Durante o discurso, Biden:

  • declarou que Putin não pode permanecer no poder;
  • afirmou que a luta contra a guerra na Ucrânia é “a nova batalha pela liberdade”;
  • e alertou a Rússia para não entrar em uma “polegada” do território da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

Mais cedo neste sábado, após um encontro com refugiados ucranianos, o presidente americano usou o termo “carniceiro” para se referir a Putin.

G1 – Foto: Brendan Smialowski/AFP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.