Incêndio em prédio residencial em Nova York deixa 19 mortos; nove deles são 9 crianças

Um incêndio em um prédio residencial de 19 andares no Bronx, em Nova York, causou a morte de ao menos 19 pessoas, entre elas 9 crianças, neste domingo (9).

Segundo o Corpo de Bombeiros, 63 pessoas estão feridas, 32 delas correndo risco de vida, principalmente por terem inalado muita fumaça. Entre os feridos também estão outras crianças.

O fogo começou pouco antes das 11 horas, em um apartamento duplex no segundo e terceiro andares de em um edifício de 19 andares localizado em 333 East 181st Street.

Segundo o comissário do Departamento de Bombeiros da cidade, Daniel Nigro, um aquecedor foi a causa do incêndio. “Os xerifes determinaram, com base em evidências físicas e relatos de moradores, que o incêndio começou em um quarto, devido a um aquecedor elétrico portátil”, explicou.

Os bombeiros chegaram ao local em apenas três minutos, mas as chamas já haviam se espalhado. O fogo foi extinto no início da tarde.

“Este será um dos piores incêndios que testemunhamos aqui nos tempos modernos, na cidade de Nova York”, afirmou o prefeito Eric Adams.

Os feridos foram encaminhados a cinco hospitais diferentes, segundo a emissora ABC.

G1/Mundo – Foto: Scott Heins / Getty Images / AFP

EUA batem recorde mundial de mais de 1 milhão de casos de Covid-19 em um dia

Os Estados Unidos registraram nesta segunda-feira, 3, mais de 1 milhão de casos de Covid-19 em 24 horas, batendo o recorde mundial diário de infecções. Foram 1.080.211 infectados pela doença em um dia, segundo dados da Universidade Johns Hopkins. O aumento de casos nos EUA é uma consequência da disseminação da variante Ômicron, detectada pela primeira vez na África do Sul, no território americano. Também foram registrados 1.688 óbitos no período. Nesta terça-feira, 4, o país soma 56.191.733 casos da doença e 827.749 mortes desde o início da pandemia do coronavírus.

O número de casos nos Estados Unidos impulsionou o recorde de 2,4 milhões de casos de Covid-19 em 24 horas no mundo. É a primeira vez que o planeta contabiliza mais de 2 milhões de infectados em um dia. O recorde anterior era de 1,95 milhões de casos, registrado em 30 de dezembro de 2021, de acordo com a plataforma Our World in Data, ligada à Universidade de Oxford. Atualmente, o mundo tem 292.633.029 casos ativos da doença. O total de mortes é de 5.451.303.

Jovem Pan – Foto: Anna Moneymaker / AFP

Violência contra mulheres insulta a Deus, diz papa em mensagem de Ano Novo

O papa Francisco usou sua mensagem de Ano Novo, neste sábado, para lançar um apelo pelo fim da violência contra as mulheres, dizendo ser um insulto a Deus.

Francisco, de 85 anos, celebrou uma missa na Basílica de São Pedro no dia em que a Igreja Católica Romana marca a solenidade da Santa Maria Mãe de Deus, e também o Dia Mundial da Paz.

Francisco parecia estar em boa forma no sábado, após um incidente sem explicações na véspera de Ano Novo, quando compareceu a uma solenidade religiosa, mas no último minuto não presidiu como era esperado.

No início da missa de sábado, ele percorreu toda a extensão do corredor central da basílica, ao contrário da noite de sexta-feira, quando surgiu de uma entrada lateral perto do altar e ficou nos arredores do local.

Francisco sofre de problema no ciático que causa dores nas pernas e, às vezes, isso o impede de ficar em pé por longos períodos.

Ele teceu sua homilia de Ano Novo em torno dos temas da maternidade e da mulher –dizendo que são elas que mantêm os fios da vida– e a usou para fazer um de seus apelos mais fortes até o momento pelo fim da violência contra elas.

“E visto que as mães dão a vida e as mulheres mantêm o mundo (unido), vamos todos fazer maiores esforços para promover as mães e proteger as mulheres”, disse o papa.

“Quanta violência é dirigida contra a mulher! Chega! Machucar uma mulher é insultar a Deus, que de uma mulher assumiu nossa humanidade – não por meio de um anjo, não diretamente, mas por meio de uma mulher”, afirmou, referindo-se a Maria, mãe de Jesus.

Exame – Foto: Guglielmo Mangiapane/Reuters

Pela primeira vez, mundo registra 1 milhão de casos de Covid em 24h

Pela primeira vez, foram registrados no mundo mais de um milhão de casos de Covid-19 em um único dia. Em 27 de dezembro, a plataforma “Our World in Data”, associada à Universidade de Oxford, anotou o recorde de 1,4 milhão de casos em 24 horas.

A primeira grande marca havia sido registrada em 7 de janeiro deste ano, com quase 900 mil infectados, três meses depois os números já foram ultrapassados por três vezes. Os dados vêm sendo compilados desde janeiro de 2020, quando surgiram os primeiros casos de Covid-19 na China.

7 de janeiro de 2021: 892,8 mil22 de abril de 2021: 902,6 mil23 de abril de 2021: 904,4 mil28 de abril de 2021: 905,8 mil23 de dezembro de 2021: 983,3 mil27 de dezembro de 2021: 1,4 milhão

A variante Ômicron, surgida em novembro e já em circulação global, é a responsável pelo novo pico de casos. Apesar de ser menos letal que as outras versões do vírus, a Ômicron vem se espalhando de maneira muito rápida.

Neste novo momento da pandemia, os Estados Unidos estão liderando o crescimento de casos, foram mais de 512.553 diagnósticos na segunda-feira, cerca de 37% do total. Em seguida, está o Reino Unido (318.699 casos, equivalente a 23%) e a Espanha – com cerca de 15% do total.

Metrópoles – Foto: Sebastião Moreira/EFE

CAOS AÉREO NO NATAL: quase 4.500 voos são cancelados no mundo

As companhias aéreas cancelaram entre sexta-feira (24) e este sábado quase 4.500 voos em todo o mundo e milhares de viagens sofreram atrasos em razão da rápida propagação da variante Ômicron do coronavírus, segundo o site FlightAware. Somente na sexta-feira, foram registrados quase 2.400 cancelamentos e 11 mil atrasos.

Ao menos 2 mil desses voos foram cancelados no dia de Natal, incluindo 700 com origem ou destino aos Estados Unidos. De acordo com o Flightaware, a United Airlines teve que cancelar 200 voos na sexta e no sábado, o correspondente a 10% dos trechos programados.

A Delta Air Lines cancelou 260 voos, de acordo com a Flightaware, por causa da ômicron e, em menor medida, devido a condições climáticas adversas.

Com informações de g1 e O Antagonista – Foto: Dieu-Nalio Chery/Reuters

Descoberta nova variante do coronavírus com grande número de mutações

Os cientistas alertam que a variante B.1.1.529, descoberta pela primeira vez em Botsuana e com seis casos de infecção confirmados na África do Sul, tem um “número extremamente alto” de mutações, o que pode levar a novas ondas de covid-19.

Foram confirmados dez casos em três países (Botsuana, África do Sul e Hong Kong) por sequenciamento genético, mas a nova variante causou grandes preocupações aos pesquisadores porque algumas das mutações podem ajudar o vírus a escapar à imunidade.Os primeiros casos da variante foram descobertos no Botsuana, em 11 de novembro, e os primeiros na África do Sul três dias depois. O caso encontrado em Hong Kong foi de um homem de 36 anos que teve um teste PCR negativo antes de voar de Hong Kong para a África do Sul, onde permaneceu de 22 de outubro a 11 de novembro. O teste foi negativo no regresso a Hong Kong, mas deu positivo em 13 de novembro quando estava em quarentena.

A variante B.1.1.529 tem 32 mutações na proteína spike, a parte do vírus que a maioria das vacinas usa para preparar o sistema imunológico contra a covid-19. As mutações na proteína spike podem afetar a capacidade do vírus de infectar células e se espalhar, mas também dificultar o ataque das células do sistema imunológico sobre o patógeno.

O virologista do Imperial College London Tom Peacock revelou vários detalhes da nova variante, afirmando que “a quantidade incrivelmente alta de mutações de pico sugere que isso pode ser uma preocupação real”.

Na rede social Twitter, ele defendeu que “deve ser muito, muito, monitorado devido a esse perfil horrível de picos”, acrescentando que pode acabar por ser um “aglomerado estranho” que não é muito transmissível. “Espero que seja esse o caso”.

Para ler a matéria na íntegra acesse AQUI.

Agência Brasil

“Pessoas foram reduzidas a cinzas”, diz ministro após acidente com ônibus que matou 45 na Bulgária

Pelo menos 45 pessoas, incluindo 12 crianças, morreram nesta terça-feira (23) em um acidente que envolveu um ônibus que transportava principalmente turistas da Macedônia na Bulgária, informou o ministério do Interior búlgaro. O veículo aparentemente bateu em uma barreira lateral na rodovia e pegou fogo.

Sete pessoas que saltaram do ônibus em chamas foram levadas pressas para um hospital na capital Sófia.

Autoridades não informaram a identidade das vítimas.

A causa do acidente ainda não foi esclarecida. O chefe do serviço de investigação búlgaro, Borislav Sarafov, disse que quatro ônibus de uma agência de viagens da Macedônia do Norte entraram na Bulgária na noite de segunda-feira (22) vindos da Turquia. “Erro humano do motorista ou avaria técnica são as duas versões iniciais do acidente”, disse ele.

G1

Carro invade desfile de Natal e deixa 5 mortos nos EUA; mais de 40 pessoas ficaram feridas

Cinco pessoas morreram e mais de 40 ficaram feridas após um veículo SUV invadir um desfile de Natal em Waukesha, Wisconsin, nos Estados Unidos, neste domingo, 21. Não se sabe se o incidente tem relação com terrorismo.

O chefe de polícia de Waukesha, Dan Thompson, disse a repórteres que uma pessoa suspeita está sob custódia e que o veículo foi recuperado cerca de 32 km a oeste do local do acidente.

“Neste momento, podemos confirmar que cinco pessoas morreram e mais de 40 estão feridas. No entanto, esses números podem mudar à medida que coletamos informações adicionais”, disse o Departamento de Polícia de Waukesha em sua página no Facebook.

O presidente Joe Biden foi informado por assessores sobre os eventos, disse um funcionário da Casa Branca.

“A Casa Branca está monitorando de perto a situação em Waukesha e nossos corações estão com todos os que foram afetados por este terrível incidente. Entramos em contato com as autoridades estaduais e locais para oferecer qualquer apoio e assistência conforme necessário”, diz nota oficial.

TerraFoto: REUTERS / Cheney Orr

Lula é aplaudido de pé depois de discurso no Parlamento Europeu

Em campanha internacional pela Europa, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi ovacionado por eurodeputados da Conferência de Alto Nível da América Latina nesta segunda-feira (15) depois de falar ao Parlamento Europeu, em Bruxelas, capital da Bélgica. No discurso, disse que o Brasil “tem jeito” e que é possível “construir uma economia justa, sem a destruição do meio ambiente e livre da exploração desumana da força de trabalho”.

O ex-presidente completou: “Acreditamos em um mundo cada vez mais plural, unido em torno de valores como solidariedade, cooperação, humanismo e justiça social. Acreditamos numa nova governança mundial, começando pela ampliação do Conselho de Segurança da ONU, e vamos continuar lutando por ela. Podemos ser felizes juntos. E seremos”.

Novo Notícias

Menina de 4 anos é encontrada após 18 dias desaparecida na Austrália

Uma menina de 4 anos foi encontrada nesta quarta-feira (3) em boas condições de saúde, informou a polícia da Austrália, trazendo alívio ao país, que estavam em vigília desde o desaparecimento da pequena Cleo Smith há 18 dias.

Cleo desapareceu no dia 16 de outubro da barraca onde acampava com sua família, no estado da Austrália Ocidental, desencadeando uma busca frenética por terra, ar e mar que mobilizou mais de 100 agentes.

A polícia australiana chegou a oferecer uma recompensa 1 milhão de dólares australianos por informações que pudessem ajudar a encontrá-la (US$ 750 mil, ou cerca de R$ 4,2 milhões).

Em meio ao temor de que uma tragédia tivesse ocorrido, a menina foi encontrada sozinha em uma casa em Carnarvon, a cerca de 100 km de onde desapareceu, segundo a polícia estadual.

“Um dos agentes a ergueu em seus braços e perguntou: ‘Qual é o seu nome?’”, relatou o subdelegado Col Blanch em um comunicado. “Ela respondeu, ‘Me chamo Cleo’”.

Blanch contou a uma rádio local que viu “detetives experientes chorando de alívio” após Cleo ser encontrada.

Homem detido

A polícia deteve um homem de 36 anos, sem vínculos com a família, após invadir a casa onde Cleo estava durante a madrugada.

A criança foi devolvida aos pais logo depois, e sua mãe, Ellie, expressou seu alívio nas redes sociais. “Nossa família está completa de novo”.

G1Foto: Polícia da Austrália Ocidental via Reuters

Facebook muda nome para tentar salvar imagem da empresa

Facebook anunciou que sua controladora passará a se chamar Meta. O nome será usado para se referir à marca responsável pela redes social Facebook e por plataformas como Instagram e WhatsApp.

O anúncio foi feito pelo cofundador da empresa, Mark Zuckerberg, durante evento sobre realidade virtual e o chamado ‘metaverso’.“O Facebook é um dos produtos mais usados na história do mundo. É uma marca icônica de rede social”, disse o executivo. “Mas cada vez mais, não engloba tudo o que fazemos”.

“Construir nossos aplicativos de redes sociais sempre será um foco importante para nós. Mas, nesse momento, nossa marca está tão ligada a um produto que não pode representar tudo o que fazemos hoje”, continuou Zuckerberg.

“A partir de hoje, nossa empresa agora é Meta”, disse Zuckerberg. Segundo ele, a empresa ainda tem a missão de aproximar as pessoas.

A situação é parecida com o Google, que tem a Alphabet como controladora.

Mulher mata companheiro com 100 machadadas após flagrar abuso contra filha

Uma mulher de 36 anos matou o seu companheiro a machadadas após flagrá-lo abusando sexualmente da sua filha, de apenas 5 anos. O caso aconteceu na última sexta-feira (22), na cidade de Tarija, no sul da Bolívia.

Segundo a mulher, identificada como Suzana, ao chegar um pouco mais cedo do trabalho encontrou o seu marido na cama estuprando sua filha.

“Eu pedi pra sair mais cedo do serviço, foi quando cheguei em casa e escutei minha filha gritando de dor, olhei pela janela e vi a terrível cena da minha filha sendo brutalmente violentada sexualmente por meu marido”, relatou.

Ainda de acordo com a suspeita, após ser flagrado o homem sugeriu “fazer sexo a três”. Enfurecida, a mulher pegou um machado e desferiu o primeiro golpe na cabeça do agressor. “Eu não consegui parar de acertá-lo“, disse Suzana.

O homem levou cerca de 100 machadadas e morreu no local. A mulher foi detida e levada para a Delegacia de Polícia da cidade de Tarija.

Imprensa 24h – Foto: Reprodução

Ilha espanhola de La Palma registra 184 terremotos em 24 horas

A atividade do vulcão Cumbre Vieja, localizado na ilha de La Palma, na Espanha, provocou 184 terremotos em 24 horas, 17 tendo sido sentidos pela população, segundo divulgou nesta terça-feira (26) o Instituto Geográfico Nacional do país europeu (IGN).

O de maior magnitude a ser registrado desde ontem, aconteceu às 2h05 de terça-feira (horário de Brasília) e teve magnitude de 4,2 graus na escala Richter.

O tremor ocorreu na localidade de Villa de Mazo, onde no último sábado (23) foi observado outro de 4,9 graus, o mais intenso desde o início da erupção do Cumbre Vieja, em 19 de setembro.

Dos demais terremotos das últimas 24 horas, 80 tiveram magnitude igual ou superior a 3 graus na escala Richter, todos detectados em Fuencaliente e Villa de Mazo, onde se concentra a atividade sísmica da ilha.

Na noite de segunda-feira (25), o vulcão sofreu uma nova ruptura no cume, que provocou transbordamento de lava e desmoronamentos. O fluxo de magma foi deslocado, principalmente, para o oeste, sobre o principal que era expelido e sobre a montanha da cidade de Todoque.

A rede geodésica de estações, instalada em La Palma, detectou uma elevação do solo de mais de 10 centímetros nas últimas 24 horas, além de uma deformação para o sul, na estação mais perto dos centros de erupção do vulcão.

Além disso, as condições meteorológicas na região estão favorecendo a melhora na qualidade do ar, inclusive permitindo a operação aeroportuária nas Ilhas Canárias.

R7 – Foto: Reprodução AFP

Cozimento solar pode ser solução para desmatamento e emissões de carbono

De cordilheiras europeias frescas e úmidas, florestas da Ásia Central, até a expansão urbana na América do Norte e as paisagens áridas do continente africano, milhões de pessoas estão cozinhando usando apenas os raios do sol como combustível.

Essa magia culinária é conhecida como cozimento solar. Ao invés de queimar uma fonte de combustível, o cozimento solar usa superfícies espelhadas para canalizar e concentrar a luz do sol em um espaço pequeno, cozinhando os alimentos sem produzir emissões de carbono.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 2,6 bilhões de pessoas em todo o mundo cozinham suas refeições diárias em fogueiras. Alimentadas com madeira, resíduos de animais, querosene e carvão, essas chamas produzem fumaça altamente poluente e contribuem para o desmatamento, a erosão do solo e, em última instância, a desertificação – mas os fogões solares podem ser uma alternativa.

Fogões solares e florestas em declínio

A Solar Cookers International (SCI) (Cozinheiros Solares Internacionais, em tradução livre) é uma organização sem fins lucrativos que defende a adoção de tecnologias de cozimento térmico solar. A SCI contabiliza mais de 4 milhões de fogões solares em todo o mundo, que as pessoas estão usando para cozinhar e assar sob o sol direto ou através de nuvens claras.

Uma dessas pessoas é Janak Palta McGilligan. A senhora de 73 anos é membro do Conselho Consultivo Global da SCI e diretora do Centro Jimmy McGilligan para o Desenvolvimento Sustentável em Madhya Pradesh, Índia, que ela fundou com seu falecido marido em 2010.

CNN BrasilFoto: Jimmy McGilligan Centre For Sustainable Development

Argentina congela preços dos alimentos por 3 meses para conter inflação

O governo da Argentina decidiu na última terça-feira, 19, congelar os preços dos alimentos e outros produtos de consumo por três meses, no patamar de 1º de outubro, como medida para conter a inflação, um dos principais problemas macroeconômicos do país. A medida passará a valer nesta quarta-feira, 20, e foi adotada após uma reunião com empresários dos ramos de alimentos e outros produtos de consumo em massa.

“A partir de agora está em vigor uma resolução, que será publicada quarta-feira no Diário Oficial, contendo quase 1.500 produtos em todo o país, com preços de 1º de outubro, o que é obrigatório para todas as cadeias de produção e comercialização”, disse o secretário de Comércio Interior da Argentina, Roberto Feletti. Segundo ele, o governo observou “consenso suficiente” entre os empresários para avançar com o congelamento de preços, e apenas 139 produtos de uma lista de cerca de 1.500 ficaram de fora.

O secretário de Comércio Interior ressaltou ainda que a medida permite “assegurar pelo menos durante os próximos 90 dias uma certa estabilidade nesta cesta” de produtos.

De acordo com os últimos dados oficiais disponíveis, a inflação persistentemente alta da Argentina aumentou 52,5% em setembro em relação ao mesmo mês em 2020 e acumulou um aumento de 37% nos primeiros nove meses de 2021. Para o conjunto de alimentos e bebidas, houve um aumento interanual de 53,4% em setembro e uma alta de 36,6% nos preços neste ano. Segundo Feletti, na primeira quinzena de outubro houve uma “aceleração dos preços” de alimentos e produtos de limpeza e higiene pessoal que ficou na faixa de 10% a 25%.

Jovem Pan – Foto: EDUARDO MATYSIAK / FUTURA PRESS / ESTADÃO CONTEÚDO

Rainha Elizabeth oferece salário anual de R$ 169 mil para nova faxineira

A rainha Elizabeth está em busca de uma nova pessoal para se juntar à equipe de limpeza do Palácio de Buckingham. De acordo com o “Daily Mail”, foram divulgados dois anúncios, de 20 e 40 horas semanais, com salário de R$ 84 a R$ 169 mil ao ano.

O novo funcionário vai ficar responsável pela limpeza e manutenção de vários espaços do interior do Palácio de Buckingham. Ele também vai ajudar, eventualmente, nos eventos do palácio, com possibilidade de crescimento profissional.

O anúncio também descreve que a equipe real está em busca de alguém que seja pró-ativo, com boas capacidades de gerenciamento de tempo e que não se importe de fazer “malabarismos” para cuidar dos 77.000 m² do palácio e seus 775 cômodos.

No início do ano, o “staff” da rainha abriu uma vaga no time de limpeza do Castelo de Windsor. Na época, o salário anunciado era de 19 mil libras por ano, ou cerca de R$ 11 mil por mês em período integral — o que na Inglaterra significa 6 horas por dia.

UOL – Foto: Reprodução Instagran

FOTO: Incêndio em prédio deixa mais de 80 mortos e feridos em Taiwan (Ásia)

Um incêndio em um prédio na cidade de Kaohsiung, no sul de Taiwan, deixou mais de 80 mortos e feridos, informaram autoridades locais nesta quinta-feira (14).

“O incêndio deixou 46 mortes e 41 feridos”, disse o Corpo de Bombeiros de Kaohsiung em um comunicado enviado à imprensa.

O incêndio começou em prédio de 40 anos no distrito de Yancheng na madrugada e foi extinto ao amanhecer.

O prefeito de Kaohsiung, Chen Chi-mai, disse que o prédio já abrigou restaurantes, salas de karaokê e um cinema, mas atualmente estava parcialmente abandonado.

O governo está investigando as causas do incêndio, inclusive se foi um ato criminoso.

G1Foto: Corpo de Bombeiros de Kaohsiung via AFP

Ataque com arco e flecha na Noruega deixa mortos e feridos

Um ataque com arco e flecha deixou mortos e feridos na cidade de Kongsberg, a 67 km de Oslo, capital da Noruega, nesta quarta-feira (13). Um homem considerado pelos policiais suspeito de ter cometido o crime está preso, informou a polícia.

As autoridades norueguesas confirmaram as mortes, mas não detalharam o número exato de vítimas. Também não se sabe a identidade do assassino. Acredita-se, porém, que o criminoso tenha agido sozinho.

De acordo com fontes policiais, o assassino foi visto andando pela cidade e disparando flechas contra as pessoas, aparentemente de maneira aleatória. Uma testemunha relatou ao jornal norueguês “Aftenposten” que alguns dos disparos foram feitos em um supermercado.

Outro jornal, o “Laagendalsposten”, relata que uma testemunha viu o criminoso fugir da polícia e que viu também uma mulher ferida em um cruzamento pedido ajuda.

Por volta das 16h desta quarta (horário de Brasília; 21h na Noruega), a polícia ainda estava no local do crime. Toda uma área no centro de Kongsberg e os arredores de uma antiga prisão foram isolados.

G1Foto: Hakon Mosvold / NTB via Reuters

Pescador encontra ‘vômito de baleia’ que pode valer até R$ 7 milhões

Um tailandês teve uma pescaria para lá de sortuda e que promete mudar sua vida para sempre. E não foi um peixe valioso que ele pegou, mas um pedaço de “vômito de baleia”, de cerca de 30 kg, que pode valer até 1 milhão de libras, o equivalente a R$ 7 milhões.

O produto é considerado um tesouro marinho devido a um álcool inodoro extraído e muito usado pela indústria farmacêutica para fazer a fragrância do perfume durar mais. Um dos perfumes que utiliza o âmbar cinzento em sua composição é o francês Chanel Nº5.

O pescador Narong Phetcharaj, de 56 anos, relatou que voltava da pescaria quando, ao se aproximar da praia de Niyom, na província de Surat Thani, viu um objeto branco flutuando no mar e sendo empurrado pela correnteza em direção à praia.

Ao se aproximar, Narong percebeu que o objeto estranho poderia ser o raro vômito de baleia e que aquilo poderia lhe render um bom dinheiro. Então, arrastou o tal objeto até a areia para poder retirá-lo e levá-lo para casa, segundo o Daily Mail.

Para comprovar que a substância se tratava do âmbar cinza – outro nome para o “vômito”, o pescador fez um teste simples: queimou um pedaço do caroço e, ao ver a substância se derreter rapidamente, teve o resultado esperado.

No mesmo dia, o rapaz levou uma amostra do objeto a especialistas da Universidade Príncipe de Songkla para ser avaliada e os resultados provaram que a “grande pedra branca” era do vômito de baleia.

“Estou tão animado que não sei o que fazer. Pretendo vender, porque já recebi um certificado que prova que ele é real. Se eu conseguir um bom preço, vou parar de trabalhar como pescador e dar uma festa para meus amigos”, disse Narong.

O âmbar cinza ou vômito de baleia é uma substância que se forma a partir de uma secreção do ducto biliar nos intestinos das cachalotes, uma espécie gigante de cetáceo. Ele pode ser encontrado flutuando no mar ou arrastado pela correnteza até as costas litorâneas.

UOL

Criminosos aproveitam apagão para vender dados de 1,5 bi de usuários do Facebook

O dia de ontem não foi dos melhores para o Facebook. Além de todo o seu ecossistema estar fora do ar por conta de uma falha global ainda desconhecida, informações que pipocaram na web na tarde desta segunda-feira (4) indicam que dados de mais de 1,5 bilhão de usuários da rede social vêm sendo vendidos em um popular fórum de crimes virtuais na dark web.

Aparentemente, esses dados não têm relação com o vazamento do Facebook ocorrido no começo de 2021, em que 500 milhões de usuários foram expostos — e ficam dúvidas se há conexão com o “apagão” que acontece também nesta segunda. Fato é que, coincidência ou não, essas informações passaram a estar à venda justamente depois do sumiço do ecossistema da rede social na web — o mais provável é que os bandidos, que já tinham escavado dados da rede social, tenham aproveitado a alta relevância da empresa de Mark Zuckerberg durante a crise deste início de semana para comercializar dados.

De acordo com as postagens realizadas no fórum, os seguintes dados de usuários estão sendo disponibilizados:

– Nome
– E-mail
– Localização
– Gênero
– Número de telefone
– ID de usuário

Canaltech – BG