TBT: Saudades da quadrilha junina de João de Dum

Por Silvério Filho

Para quem é mais novo e não se recorda, João de Dum costumava chamar uma quadrilha matuta, formada por crianças e adolescentes. Os ensaios eram feitos em frente à sua residência, na Rua Manoel Marques.

Lembro que eu e meus amigos, quando chegava o mês de maio, já ficávamos ansiosos para o início dos ensaios. Era uma felicidade só. Nós nunca ganhávamos os torneios, mas sempre nos divertíamos, sob os gritos da voz rouca de João de Dum.

No dia 24 de junho deste ano, publicamos esta imagem e prestamos uma homenagem ao mestre João de Dum, sem saber que seria a última em vida.

No dia seguinte, veio à nossa casa, agradecer a homenagem e entregar umas imagens dos áureos tempos da sua quadrilha junina. Era o seu legado que naquela hora compartilhava conosco.

Minha mãe possuía um carinho e um respeito especiais por João, vindos da época em que eu participava do seu grupo. Recentemente ela chegou de viagem e soube que João estava internado. Tomou todas a providências para que ele soubesse do carinho que nossa família tinha, e do quanto desejávamos que melhorasse.

Infelizmente ele não melhorou e veio óbito.

Deixou porém, um grande legado cultural para nosso município, e ótimos momentos na memória daqueles que, assim como eu, participaram das suas quadrilhas juninas.

Acima, uma imagem fornecida pelo amigo Pierre Barbeiro de uma dessas quadrilhas. Na linha de baixo, sou o segundo da esquerda para a direita.

Na imagem, dentre outros: Pierre, Fabinho, Altamir Fernandes, Jorlan, Júnior (In memoriam), Baby, Breno Brito, Marquinhos, Ivan, Silvério Filho, Lucas Luna, Bruninho, Tito, João Neto, Ramon Patrick, Victor (in memorian) e Hiagor Gomes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.