Se problema é perda de arrecadação, pagamos conta, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou nessa segunda-feira (06.jun.2022) que o governo federal vai “pagar a conta” se o problema dos Estados é a “perda de arrecadação”. A publicação no Twitter foi feita horas depois de o presidente anunciar PEC para conter o preço dos combustíveis.

“Para aliviar o bolso dos brasileiros, estamos criando as condições necessárias para que os governadores ZEREM os impostos estaduais dos combustíveis, além de reduzir e limitar o teto do ICMS para outros bens essenciais”, disse o presidente.

No evento realizado no Palácio do Planalto, Bolsonaro disse que pretende compensar os Estados para zerar os impostos que incidem sobre diesel e gás até dezembro de 2022. O governo quer também zerar PIS/Cofins e Cide sobre a gasolina e o álcool.

“Se o problema é perda de arrecadação, nós pagamos a conta”, acrescentou.

Poder360

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.