Silvério Alves

Silvério Alves

OPINIÃO: Há um ano e meio Guedes disse que se fizesse muita besteira, dólar podia ir a R$ 5; hoje, dóllar foi a R$ 5,65, após fala de Guedes

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Por Silvério Filho

Há cerca de um ano e meio, em março de 2020, o superministro da fazenda, Paulo Guedes, deu a entender que só se o governo federal fizesse muita besteira o valor de 1 dólar passaria de 5 reais. Uma semana depois, o dólar bateu, pela primeira vez na história, a marca dos 5 reais. E nunca mais voltou a ser menos.

Hoje, após uma fala de Guedes sobre o novo programa do Governo Bolsonaro, aumentou mais uma o vez e foi à marca histórica de R$ 5,65.

Uma coisa que a população não sabia há um ano e meio, e hoje sabe, através de investigações dos órgãos de controle federais, é que o ministro Paulo Guedes possui empresas em paraísos fiscais e, quando o Dóllar aumenta, as empresas dele lucram.

Outra coisa para a qual o povo não atentava à época, é que o aumento do dólar faz aumentar a gasolina, já que a política de preços da Petrobrás, para beneficiar acionistas de fora do país, é feita com base no dólar.

Utilizando a lógica trazida pelo ministro há um ano e meio, seria possível afirmar que o governo federal fez muita besteira de lá para cá, para a cotação do dólar chegar a esse ponto? Prefiro não comentar. O leitor que diz.

Mas uma coisa é certa: com o aumento do dólar, Guedues ficou mais milionário do que já era e o brasileiro médio, eu e você, ficamos mais pobres, tendo que pagar quase 7 reais pelo litro de gasolina.

A seguir, as fontes para as informações do texto.

Categorias