Com PEC, gasolina cairia de R$ 7,21 para R$ 5,56, diz relator

Cálculos do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), relator do projeto que limita o ICMS sobre combustíveis, energia elétrica, transportes e telecomunicações, indicam que os preços da gasolina e do diesel sofreriam uma redução, caso a proposta seja aprovada. Eis a conta do congressista:

  • preço do diesel – redução de R$ 0,76, iria de R$ 6,88 para R$ 6,12 o litro;
  • preço da gasolina – redução de R$ 1,65, iria de R$ 7,21 para R$ 5,56 o litro.

Os valores médios são baseados no sistema de levantamento de preços da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), no período de 29 de maio de 2022 a 4 de junho de 2022.

O texto de Bezerra diz, no entanto, que é possível que o cenário internacional de combustíveis piore e os preços aumentem mesmo com a aprovação de medidas – além do PLP 18, relatado por Bezerra, o governo de Jair Bolsonaro (PL) apresentou uma PEC que estima um repasse de R$ 29,6 bilhões aos Estados que zerarem o ICMS sobre diesel, gás natural e gás de cozinha.

O PLP 18 deve ser votado no plenário do Senado na segunda-feira (13.jun.2022).

Poder360

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.