Bolsonaro confirma que não haverá reajuste de servidor e diz que tenta elevar vale-alimentação

O presidente Jair Bolsonaro confirmou nesta segunda-feira que não haverá reajuste para os servidores federais em 2022. Bolsonaro, contudo, disse que o governo segue estudando um aumento no vale-alimentação.

“Lamentavelmente, não tem reajuste para servidor. Nós estamos tentando agora, tem que vencer a legislação eleitoral, dobrar, no mínimo, o valor do auxílio alimentação”, disse Bolsonaro, em entrevista no Palácio do Planalto.

Na semana passada, Bolsonaro já havia dito que “pelo que tudo indica” não seria possível conceder o aumento salarial aos funcionários públicos. Depois, o ministro da Economia, Paulo Guedes, também afirmou que o governo não iria conceder o reajuste.

Em relação ao vale-alimentação, Bolsonaro afirmou que o assunto ainda está em discussão dentro do governo federal e que precisa de um parecer da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN).

“Isso daqui eu tenho que vencer aqui a PGFN, o governo tem que dar um parecer. Eu não posso dar uma canetada e por decreto mandar um projeto para o Congresso do nada. Eu tenho que estar amparado”, disse.

O Globo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.