Mendigo do DF diz que é eleitor de Bolsonaro e recebe convites para se candidatar a deputado

Givaldo Alves de Souza, de 48 anos, morador de rua que ganhou fama após se envolver sexualmente com uma mulher e a história ganhar repercussão nacional, revelou em entrevista ao site Metrópoles que votou no presidente Jair Bolsonaro em 2018 e que confiará nele novamente o seu voto.

Ele falou o seguinte sobre Bolsonaro: “Quero agradecer ao serviço social que recebi quando parei nas ruas. E quero agradecer ao presidente que eu votei. Deixando claro que só votei no senhor porque o senhor tomou aquela facada. E por ser um cara do Exército.

Eu estava em um bar em Peruíbe quando decidi. Ponderei que, se esse cara não mudar o Brasil, tínhamos aquela coisa da Lava Jato, e eu estava votando no outro partido [PT] há muito tempo. Não sei se podia falar sobre isso, mas resolvi falar mesmo assim.

Votei naquela vez, com muito orgulho. E votarei novamente. E quero agradecer aos governos que apoiam as casas que prestam serviços para pessoas na rua como eu”

Com a sua imagem ganhando repercussão nacional e viralizando de maneira fenomenal na web, o morador de rua já recebeu convites de partidos interessados em lançá-lo como candidato a deputado este ano. O convite veio de, pelo menos, quatro partidos, segundo informações do portal Metrópoles. As siglas dos partidos não foram divulgadas, assim como comentários do morador de rua sobre o suposto convite.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.