Copa do Mundo: Globo tem prejuízo com transmissão de jogos

A Globo vendeu mais de R$ 1 bilhão em patrocínios nesta Copa. Os números de audiência do jogo do Brasil com a Sérvia também foram ótimos. Como resumiu o colunista Ricardo Feltrin, a Globo massacrou concorrentes e TV paga no ibope. Segundo dados da Kantar Media, a TV Globo registrou 50 pontos de audiência (com picos de 53) e 76% de “share” na Grande São Paulo.

Então, por que a Globo ainda perde dinheiro com a Copa? Basicamente, porque a conta nunca fechou. A publicidade não paga a conta de direitos.

A principal razão são os altos custos dos direitos de transmissão. Os direitos que a Fifa cobrava no Brasil estavam entre os mais caros do mundo. Acima do nível de países europeus. O valor atual é de US$ 90 milhões por ano, o equivalente a quase R$ 500 milhões anuais, encarecidos por uma cláusula que garante exclusividade para a emissora.

Recentemente, a Globo renovou com a entidade até 2026, com um adendo. Segundo noticiou o site Poder360, o novo contrato não prevê mais exclusividade nas transmissões em TV aberta e por assinatura.

Além dos direitos, existem ainda custos de produção e transmissão. Envio de equipe, hospedagem, alimentação e contratação de infraestrutura para enviar o sinal ao Brasil. A Globo apertou o cinto nos custos que controla. Reduziu equipe e otimizou gastos. Mas alguns custos fogem de seu controle.

É o caso das comissões e impostos. Para cada real que a empresa fatura com publicidade, precisa pagar comissões de agências e impostos, o que reduz consideravelmente o valor final do faturamento com publicidade.

Splash – UOL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *