Lula quer “alimentar crise” com Exército, diz Mourão

O senador eleito pelo Rio Grande do Sul e general da reserva, Hamilton Mourão (Republicanos), disse neste sábado (21.jan.2023) ao jornal Folha de S. Paulo que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) quer “alimentar crise” com Exército ao demitir o comandante da instituição por ele recursar “pedir a cabeça de algum militar, sem que houvesse investigação”.

Segundo apurou o Poder360, o ex-comandante do Exército, o general Júlio César Arruda queria manter a nomeação do tenente-coronel Cid para comandar o 1° BAC (Batalhão de Ações de Comandos) em Goiânia (GO), a partir de fevereiro de 2023.

Lula, por outro lado, queria que a promoção do ex-ajudante de ordens de Bolsonaro fosse revogada por conta das acusações. A recusa custou ao tenente-coronel o preço de cargo da caserna.

Mourão, ex-vice-presidente da República, disse que demissão de Arruda é “péssima para o país”.

Poder360

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *