Silvério Alves

Silvério Alves

Greve dos caminhoneiros tem baixa adesão

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

A greve dos caminhoneiros, prevista para hoje (1º), tem pouca adesão até agora. Convocada para cobrar mudança no cálculo do preço do diesel, a paralisação dividiu a categoria. O governo também obteve liminares que proíbem o bloqueio de rodovias federais em 20 estados. 

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) afirma que, até o momento, há apenas dois pontos de concentração de caminhoneiros nas estradas.

As mobilizações ocorrem às margens da BR-116/RJ (Dutra), em Barra Mansa/RJ; e na BR-101/RJ, região de Rio Bonito/RJ. Sem bloqueio e sem abordagem a caminhoneiros que seguem viagem. Uma concentração na BR-116/CE, em Itaitinga, foi dispersada, informou a pasta, no Twitter.

Integram a paralisação CNTRC (Conselho Nacional do Transporte Rodoviário de Cargas), Abrava (Associação Brasileira de Condutores de Veículos Automotores), CNTTL (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transporte e Logística) e Sindicam (Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens da Baixada Santista e Vale do Ribeira).

O Antagonista – Foto: Reprodução

Categorias