“Eleição acabou e vamos cumprir a lei”, diz Zema, sobre bloqueios

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), se pronunciou hoje nas redes sociais sobre os bloqueios em estradas realizados por manifestantes que não aceitaram a derrota de Jair Bolsonaro (PL) na eleição presidencial.

Em story publicado Instagram, ele defendeu a liberação imediata das estradas e afirmou que a “eleição acabou e lei precisa ser cumprida”.

Já solicitei as nossas Forças de Segurança que tome as medidas necessárias para desobstruir qualquer via ou estrada que esteja interditada pelas manifestações. A eleição acabou e agora temos que assegurar o direito de todos de ir e vir, e também que as mercadorias cheguem onde for preciso […]. Vamos cumprir a lei”, afirmou Zema (foto), que apoiou Bolsonaro no segundo turno contra Lula (PT).

Nessa segunda (31), o ministro do STF Alexandre de Moraes determinou que a Polícia Rodoviária Federal e polícias militares de estados realizem o desbloqueio de estradas. Na madrugada, a Corte formou maioria para confirmar a decisão do magistrado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *