Coração de doador não chega a SP por bloqueios das rodovias

Um coração goiano que seria doado a um paciente em São Paulo foi impedido de chegar em razão dos bloqueios feitos nas rodovias. A informação é da Secretaria de Estado de Saúde (SES) do estado paulista. O doador era um jovem de 21 anos, de Goiânia, que não resistiu após sofrer um traumatismo crânio-encefálico.

Segundo a SES do Goiás, o coração não chegou nem a ser captado, ainda que estivesse apto para isso. A pasta completou que “não houve aceite do órgão por parte do estado paulista”. A Secretaria de São Paulo explicou ser necessário rapidez para que procedimentos como esses sejam feitos, neste caso até quatro horas.

O coração deveria ter sido captado na terça-feira (1º), dia em que o jovem teve morte encefálica. No mesmo dia, foram captados os rins e córneas do doador, destinados a pacientes de Goiás, e o fígado, que foi encaminhado ao Distrito Federal.

Bloqueio das rodovias
Esta sexta-feira (4) marca o quinto dia de manifestações golpistas contra o resultado das eleições presidenciais, que elegeram Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), cerca de 921 pontos de manifestações já foram desfeitos em rodovias pelo Brasil. Ao todo, foram desmontados dois bloqueios e 30 interdições, que é quando o fluxo está parcialmente impedido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *