Silvério Alves

Silvério Alves

Enfermeira denuncia homem que se recusou a ser vacinado por ela ser negra

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Uma enfermeira voluntária denunciou um homem que se recusou a ser vacinado contra a Covid-19 por ela ser negra, em Ilhéus, na Bahia, na última segunda-feira (17). A estudante de enfermagem Thaís Carvalho ajuda, de forma voluntária, a vacinar pessoas no bairro Jardim Savoia. As informações são do telejornal BATV.

“O senhor, que estava acompanhado da filha dele, e ela pediu para que a gente fosse vaciná-lo no carro. Eu falei assim: ‘O senhor quer que eu te vacine logo? O senhor é o próximo’. Ele falou que não. Aí eu perguntei: ‘O senhor já fez a ficha?’ Ele: ‘Meu filho está fazendo a ficha, mas você não’. Aí eu abaixei na direção dele e perguntei o motivo. Aí ele virou para mim e disse: ‘Porque você é negra’”, disse a enfermeira ao BATV.

A enfermeira não conseguiu identificar o paciente, mas mesmo assim decidiu registrar um boletim de ocorrência sobre o caso, na tentativa de que ele seja identificado pela polícia.

ISTOÉ

Do Blog: É lamentável, vergonhoso… que em pleno Século XXI, um ser humano, que estava exercendo um trabalho voluntário e digno, seja discriminado pela cor da pele. Atitudes com a acima citada, devem ser combatidas com rigor na forma da Lei.

Categorias