MPF denuncia três pessoas pelos assassinatos de Dom e Bruno no AM

Foto: Igor Estrela

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou, nessa quinta-feira (21/7), três acusados pelas mortes do jornalista britânico Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira. O órgão ofertou a acusação ao juízo da Subseção Judiciária Federal de Tabatinga (AM), onde o processo tramita. A ação segue em segredo de Justiça.

Já sob custódia da Polícia Federal, estavam Amarildo da Costa Oliveira, o Pelado; Oseney da Costa de Oliveira, conhecido como Dos Dantos; e Jefferson da Silva Lima, o Pelado da Dinha. Se condenados, eles responderão por duplo homicídio qualificado e ocultação de cadáver pelos assassinatos do indigenista e do jornalista.

O crime aconteceu em junho, quando os dois viajavam pelo Vale do Javari, no Amazonas, realizando entrevistas com a comunidade indígena da região

Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.