Admin

Admin

Vejam como ficaram todos os novos prazos para as eleições municipais 2020

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Urna eletrônica

Pelo calendário eleitoral, o primeiro turno estava marcado para 4 de outubro, e o segundo, para 25 de outubro. A PEC aprovada nesta quarta-feira adiou o primeiro turno para 15 de novembro, e o segundo, para 29 de novembro.

O texto-base foi aprovado em primeiro turno por 402 votos a 90 (houve 4 abstenções). No segundo turno, a PEC foi aprovada por 407 votos a 70 (houve 1 abstenção).

O texto já foi aprovado pelo Senado e seguirá para promulgação, pelo Congresso Nacional. A sessão está marcada para a manhã desta quinta-feira (2).

Novo calendário:

11/08: proibição de veiculação de programa de candidato;

31/08 a 16/09: convenções partidárias;

26/09: registro das candidaturas;

A partir de 26/09: início da propaganda eleitoral em geral;

09/10: início da propaganda eleitoral no rádio e na TV;

27/10: relatório parcial de arrecadação/gastos de campanha;

15/11: 1º turno;


29/11: 2º turno;

Até 15/12: prestação de contas à Justiça Eleitoral;

Até 18/12: diplomação;

Até 12/02/21: análise pela Justiça da prestação de contas;

Até 01/03/21: representação contra a prestação de contas;

*outros prazos da lei vão usar como referência os dias indicados nesta PEC. É o caso, por exemplo, do prazo de desincompatibilização;

  • Em caso de falta de condições sanitárias, o CN por provocação do TSE poderá editar Dec Leg designando novas datas eleitorais, com limite em 27/12;
  • Partidos são autorizados a realizar as convenções por meio digital;
  • Autoriza gastos com publicidade no 2º semestre desde que com temática relacionada ao combate ao coronavírus.


Justiça Potiguar

Categorias