Por qual braço virá a mudança?

Por João Paulo de Farias

Advogado

É bem verdade que grande parte do povo brasileiro tem depositado todas as suas expectativas de mudança no rumo de nosso país nos possíveis presidenciáveis.

Nunca vi tanta apologia a seus “heróis já eleitos”.

Vivemos, teoricamente, em um Estado Democrático, mas, muitas vezes, os defensores do pré-candidato “A” ou do pré-candidato “B” ultrapassam os limites do razoável e da licitude em meio ao debate político.

Apesar da afirmação do filósofo Platão de que “O preço a pagar pela tua não participação na política é seres governado por quem é inferior”, não me esqueço do registro feito pelo profeta Jeremias em seu livro (17.5), quando Deus então lembrou ao povo, dizendo: “Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do Senhor!”.

Ainda confio, fielmente, que o antídoto para curar os grandes males que assolam nossa “pátria amada, mãe gentil” vem não do braço humano apartado do coração de Deus, mas, vem, sim, do Deus Todo-poderoso por meio de Jesus Cristo, o Caminho do homem até Deus. 

Este, sim, produz mudança de verdade. Eu que o diga.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *