Polícia realiza mais prisões, e número de roubos cai durante o Carnaval

segurança

Durante o período de Carnaval, correspondente da sexta-feira (24) até
às 12h da quarta-feira (1º), a Polícia Militar realizou 121 prisões,
número 26% maior que no ano de 2016, quando foram registradas 96. Houve
também uma redução de 15,6% no número de roubos registrados no período
carnavalesco, caindo de 314 para 265. Os dados levantados pela
Coordenadoria de Estatísticas e Análises Criminais (COINE) da Secretaria
de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) foram
apresentados nesta quinta-feira (02) e formam o balanço da Operação
Carnaval 2017.

Além disso, foram registrados 44 Crimes Violentos Letais Intencionais
(CVLIs), sendo apenas um desses em área de festividades; Em 2016 foram
29 CVLIs durante o mesmo período. Também foram apreendidos 11
adolescentes e crianças.

O número de armas apreendidas foi de 24, sendo 13 armas de fogo e 11
brancas. Já a apreensão de drogas foi de aproximadamente 5kg, quantidade
resultante da soma de 2.935 kg de cocaína, 1.487 kg de maconha e 500g
de crack. Só em Caicó, a PM apreendeu 109 comprimidos de ecstasy.

OBVIO

Segundo dados do Observatório da Violência do RN (OBVIO), no período de
Carnaval o Rio Grande do Norte registrou 41 homicídios. Os dados mostram
um aumento significativo de crimes violentos intencionais letais
(CVLIs) em relação ao ano passado. Dos 41 assassinatos, 38 foram com
armas de fogos, dois com armas brancas e um por espancamento.

De acordo com o OBVIO, Natal liderou as estatísticas com 13
assassinatos; Mossoró e Parnamirim vêm logo em seguida com,
respectivamente, 5 e 4 mortes, enquanto que Ceará-Mirim, Extremoz e São
Gonçalo do Amarante contabilizam, dois homicídios cada. Já os municípios
de Arez, Assu, Grossos, Macau, Martins, Santa Cruz, São Paulo do
Potengi, São Pedro, Carnaúba do Dantas, Itajá, Porto do Mangue, Tangará e
Nísia Floresta registraram uma ocorrência cada.

Corpo de Bombeiros

Durante o Carnaval, foram realizados três salvamentos aquáticos, sendo
dois na Praia do Meio e um na Praia do Amor, em Pipa. O número teve uma
redução de 62,5% se comparado com 2016, quando houve oito salvamentos.
Em 2017, não houve nenhum óbito por afogamento durante o carnaval,
enquanto que em 2016 foram registrados dois óbitos.

Quarta de cinzas

Dois jovens foram mortos a tiros no bairro de Santa Rita, Zona norte,
nesta quarta-feira (01). João Vitor Araújo Camilo, 17 anos, e Sérgio
Henrique Medeiros de Bezerra, 28 anos, foram alvos de disparos ouvidos
por populares na noite de Quarta-feira de Cinzas; João morreu na hora,
Sérgio foi socorrido, mas não resistiu.

Operação Carnaval 2017

A Polícia Civil efetuou 128 prisões em flagrante durante o Carnaval,
sendo 49 em Natal e Grande Natal e mais 79 no interior do Estado. A
operação mobilizou cerca de 500 policiais civis no RN entre os dias 24
de fevereiro e 1º de março.

Trânsito

Foram registrados 43 acidentes durante o período carnavalesco, sendo 28
sem vítimas, 12 com vítimas lesionadas e 3 acidentes fatais, de acordo
com o Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE). A operação
registrou também 48 boletins de trânsito, 440 autos de infração, 1565
abordagens a condutores e 990 testes de etilômetro aplicados.

Agora RN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.