Mandatos dos atuais prefeitos e vereadores poderão ser encurtados

Notícias vindas de Brasília dão conta que prefeitos e vereadores eleitos em 2016, são contra a proposta de antecipar as eleições municipais para 2018.

 Se a proposta que já tramita no Senado for aprovada, os mandatos deles só valerão dois anos. A ideia seria firmar um calendário de eleições gerais no próximo ano, de vereador a presidente da república. No entanto, deputados e senadores que votarem a favor deverão perder apoios importantes nos municípios. A possível medida é bastante polêmica.

Aqui na ribeira do Potengi já tem prefeito e vereador de orelha em pé.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.