Admin

Admin

Há exatos 4 anos, ocorreu o impeachment de Dilma Roussef (PT); PT defende que foi um golpe de estado orquestrado pelo PMDB

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Em 31 de agosto de 2016, a História do Brasil foi marcada pelo impeachment de Dilma Rousseff, a primeira mulher a ocupar o cargo da presidência da República do país. Iniciado em 2 de dezembro de 2015, pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, o processo foi dado a partir de uma denúncia por crime de responsabilidade, feita pelo procurador de justiça aposentado Hélio Bicudo e pelos advogados Miguel Reale Júnior e Janaina Paschoal.

No dia 31 de agosto de 2016, a até então presidente foi deposta de seu cargo, com um placar de 42 votos favoráveis ao impeachment e 36 contra. A partir disso, seu vice-presidente, Michel Temer, assumiu a presidência do país.  

Em suas redes sociais, o PT voltou a defender que o impeachment, na verdade, foi um golpe de estado orquestrado pelo PMDB, partido de Michel Temer. No Twitter, uma página ligada o partido publicou a seguinte mensagem: 

“HOJE, HÁ 4 ANOS Tão importante quanto questionar ‘a que ponto chegamos?!?’ é analisar ‘como chegamos’ a esta situação no Brasil, em que o absurdo virou cotidiano. Hoje, há 4 anos, desfechava-se o golpe contra @DilmaRoussef e o povo. Foi aí quando tudo começou a piorar.#FoiGolpe pic.twitter.com/o6I8CmTpsn — PT na Câmara (@PTnaCamara) August 31, 2020;’

Categorias