Desmentido: “Eu não autorizei negociação nenhuma”, garante Robinson Faria

1

Agora RN. O governador Robinson Faria (PSD) confirmou que não autorizou qualquer negociação com os presos da facções do PCC e do Sindicato do Crime, que neste momento estão lutando entre si em Alcaçuz. Robinson deu os ataques e incêndios que Natal e cidades potiguares vêm sofrendo nas últimas horas como prova de que o Sindicato do Crime está lhe retaliando justamente por não negociar com eles.

“Eu tomei decisões para não nos rendermos às ameaças das facções. O PCC me ameaçou. Disse que se eu deslocasse os seis líderes do grupo, tocariam fogo na cidade, mas eu não recuei.

 O Sindicato disse que se eu fizesse a separação, eles iriam retaliar e eu não aceitei isso; fiz a separação, desloquei líderes do grupo para outros presídios. A prova de que eu não negociei com eles esta aí, saíram colocando fogo na cidade. Eu não negocio e vou demitir qualquer secretário meu que negociar com eles; isso seria me contrariar”, afirmou, em entrevista concedida a Globonews.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.