Da Raposa Política: “Ninguém deve cuspir no prato que comeu”

Resultado de imagem para fotos da raposa politica

A Raposa Política foi vista hoje logo cedo na feira de São Paulo do Potengi do Potengi, dizendo pra quem quisesse ouvir: “Ninguém deve cuspir no prato que comeu”.

Foi aí que um curioso que estava escutando a conversa, perguntou: “Raposa, qual o significado dessa frase”?

A  Raposa de bate pronto, respondeu: ” Quem cospe no prato que comeu não é digno (a) de comer em outro prato”.

E saiu faceira, faceira.

Viixxee! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *