Ataque em creche deixa pelo menos 34 mortos na Tailândia; 22 são crianças

Foto: AFPTV

Um homem matou 34 pessoas, 22 delas crianças, em um ataque a tiros a uma creche no nordeste da Tailândia nesta quinta-feira (6). O incidente ocorreu na cidade de Uthai Sawan, a 500 quilômetros à nordeste de Bangkok. De acordo com as autoridades, o atirador ainda voltou para casa para matar a esposa e o filho antes de se suicidar.

A polícia identificou o agressor como um ex-policial afastado do serviço no ano passado por uso de drogas. Ele enfrentava um julgamento por posse de drogas e havia estado na corte horas antes do ataque, disse o porta-voz da polícia, Paisan Luesomboon, à emissora Thai PBS.

Luesomboon afirmou que o atirador tinha ido à creche pegar o próprio filho, mas não o encontrou. “Ele já estava nervoso, e quando não viu o filho, ficou ainda mais estressado e começou a atirar.”

Cerca de 30 crianças estavam na creche quando o atirador chegou —menos do que o usual, em razão de uma forte chuva, segundo a funcionária pública Jidapa Boonsom, que trabalhava em um local próximo no momento do ataque.

Ela relatou que o atirador chegou por volta da hora do almoço e de início atirou em quatro ou cinco trabalhadores da creche. Um deles era uma professora que estava grávida de oito meses. A princípio, as pessoas confundiram o som dos tiros com fogos de artifício.

Folha de S. Paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *