Faleceu Irmã Ananília, Freira das Filhas Amor Divino; amiga de Monsenhor Expedito e de São Paulo do Potengi

Faleceu em Natal, nesta quinta-feira (23), a Irmã Ananília, 92 anos, Freira do Amor Divino, fundadora da Casa do Pobre que leva seu nome, em Currais Novos.

Irmã Ananília nasceu na cidade de Cerro Corá, no Rio Grande do Norte, com o nome de batismo de Iolanda Gomes de Assis, filha de tradicional família de fazendeiros da região.

Aos 19 anos entrou na Congregação católica das Filhas do Amor Divino.

Atuou em Caicó por quase 30 anos como professora no Educandário Santa Teresinha e em seguida se mudou para Currais Novos, onde atuou também como educadora no Educandário Jesus Menino e fundou a Casa do Pobre.

Uma mulher de Fé e Caridade.

O velório está acontecendo nesta sexta-feira (24), em Currais Novos, na capela do Educandário Jesus Menino.

Às 15h terá uma Missa na Igreja de Sant’Ana e em seguida o sepultamento no Cemitério de Sant’Ana.

Do Blog: Conheci Irmã Ananília (de quem me tornei amigo) em nossa cidade, na segunda metade dos anos 70. Ela uma grande educadora e evangelizadora, amiga de Monsenhor Expedito Medeiros, veio inúmeras vezes a São Paulo do Potengi, atendendo convite do Profeta das Águas para pregar a Palavra de Deus para os jovens potengienses.

Pelo seu carisma, simplicidade, sorriso cativante, poder de comunicação e evangelização, falando muito bem a linguagem da juventude, sempre atraia a atenção e o respeito dos jovens. A Irmã também teve atuação evangelizadora na cidade de São Tomé.

A Religiosa deixa um grande legado nos campos da evangelização e da educação, especialmente no Seridó potiguar e em boa parte do RN.

Com certeza, com diz São Paulo, Irmã Ananília “combateu o bom combate, honrou a fé e receberá a coroa da glória eterna na Casa do Pai”.

Descanse em paz, nossa amiga.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.