Nininho, da dificuldade para andar até o pedal agressivo

Por @silverioalvesfilho

Hoje, 13, estive no amigo Matheus Barbershop, para fazer o cabelo e a barba e lá conheci o agora também amigo Nininho da Mídia.

Natural de Boa Saúde, Nininho nasceu com uma espécie de paralisia cerebral parcial, que originou uma dificuldade de controle dos membros do corpo e da fala.

Mas Nininho não se entregou ao problema de nascença. Enfrentou o desafio desde novo. Os médicos diziam que não conseguiria andar. Mas, após muita fisioterapia e esforço, andou por volta dos 10 anos de idade.

Hoje, além de andar, Nininho não só pedala, como pedala acima da média: quando o encontrei, tinha acabado de vir de Boa Saúde a São Paulo do Potengi de bicicleta. E ainda fazendo graça, gravando stories e tirando foto com a galera. O homem é desenrolado.

Segundo nos informou Jorgevan, que também é da turma do pedal (e do cuscuz), após Nininho começar a pedalar melhorou seu controle sobre os músculos do corpo e é difícil acompanhá-lo nas estradas.

A história de Nininho nos inspira a não desistir dos nossos objetivos. Com fé, esforço e amigos que nos ajudem, o impossível torna-se apenas um desafio que pode ser superado.

Jorgevan, Nininho e Ganjão me chamaram para o cuscuz que vai ter da galera do pedal em Serra Caiada nos próximos dias. Se tiver com disposição eu vou. De carro, evidentemente (risos).

Um comentário em “Nininho, da dificuldade para andar até o pedal agressivo

  1. Um exemplo a ser seguido esse de Nininho, mostrando que com perseverança, tudo se consegue, apesar de, muitas vezes, parecer impossivel.

    Como seria bom ver em nossas cidades o trânsito ser predominando pelas bicicletas, veículo que só traz benefícios à saúde pessoal e ao meio ambiente

    É uma pena que nossas cidades interioranas trocaram as bicicletas por motos, causando poluição e outras mazelas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.