Silvério Alves

Silvério Alves

PM do RN realiza Live em comemoração aos seus 187 anos de criação; potengiense Capitão Frankelland recebe medalha de mérito

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte mais uma vez fez uso das plataformas sociais, as quais realizou uma “Live” alusiva aos 187 anos de criação da instituição, fundada em 27 de junho de 1834. O evento foi transmitido ao vivo na tarde desta quarta-feira (30) no pátio interno do Quartel do Comando-Geral da corporação.

Coube ao Comandante Geral da PMRN, Coronel PM Alarico, a abertura oficial da Live, que em sua fala, parabenizou todos os policiais militares pelo esforço no combate a criminalidade e enalteceu os militares que tombaram vítimas da COVID-19.

Na sequência, a Banda de Música da PMRN, que também faz aniversário de criação no mês junino, dia 16, completando 135 anos, abrilhantou o evento apresentando grandes sucessos, dentre eles, a Valsa Royal Cinema, composta por Antônio Pedro Dantas, o “Tonheca Dantas”, nome importante da cultura brasileira que fez parte da Banda de Música da PMRN. Tal música foi composta para um cinema da cidade de Natal, tendo sido tocada pela Rádio BBC de Londres, durante a Segunda Guerra Mundial.

Na ocasião, duas personalidades foram agraciadas com a “Medalha Potiguar do Mérito Musical Militar Tonheca Dantas”, pelo desempenho profissional e irrepreensível conduta civil e militar, ou em outros serviços musicais prestados ao sistema de segurança pública. Uma delas foi o potengiense PM Capitão Frankelland Mota.

Atualmente, a Banda de Música é regida pelo Capitão PM Frankelland Mota de Azevedo e conta com homens abnegados que levam a música não apenas para a Polícia Militar, mas para toda a sociedade, participando de projetos sociais junto a lares de idosos e entidades civis.

Composta na atualidade por variados órgãos e serviços especializados, a Polícia Militar habita em todos os municípios do Estado do Rio Grande do Norte e conta com efetivo aproximado de 8.500 homens e mulheres que executam diuturnamente o policiamento ostensivo geral, com vistas a garantir a ordem, a segurança pública e a tranquilidade dos cidadãos sempre respeitando os Direitos Humanos.

A Polícia Militar não poupa esforços, estando na linha de frente tanto para combater o COVID-19 quanto o crime.

Categorias