Silvério Alves

Silvério Alves

Música gravada em 2018 por Marília Mendonça deixa fãs arrepiados após sua morte

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Lançada em 2018, a música “Estrelinha” trocou de vozes. Antes cantada por Marília Mendonça, que participou da faixa a convite da dupla Di Paullo e Paulino, o hit passou a ser hino dos fãs após a partida precoce da cantora.

A letra da música é cantada sob o ponto de vista de uma pessoa que morreu, pedindo para ser lembrada com alegria e dizendo que virou uma estrelinha. Os autores contam ao g1 que Marília quis gravar a música assim que ouviu, pois se lembrou do pai, que morreu quando ela era criança.

“Estrelinha” foi composta em 2017 pela dupla Luigi e Leandro junto a Lucas Carvalho e Gabriel Rocha. Em dezembro daquele ano, foi gravada para o DVD “Nós e Elas”, de Di Paullo e Paulino, em Goiânia.

A ideia para a letra emocionante surgiu quando o quarteto assistiu uma pessoa na TV afirmando em entrevista que não era bom dizer para as crianças que, quando uma pessoa morre, ela vira estrelinha.

“A gente não concordou e essa ideia ficou na cabeça de um dos compositores. Aí juntou a perda que cada um dos compositores foi tento ao longo do tempo, e a gente sentou e escreveu essa música”, conta Luigi Visacre.

O compositor conta “que quando eles mandaram a mandaram para ela, mandaram três músicas. Quando ela ouviu essa não quis ouvir as outras, porque ela já disse que lembrou o pai, que morreu quando ela ainda era criança, em uma postagem no instagram”.

Lembrança do Pai

“Resta-me a saudade. E a vontade de me agarrar na sua perna toda vez que acontece um problema e preciso resolver, como faço com minha mãe. Queria você aqui agora, mas Deus te quis aí, e é Ele que sabe de tudo. Te amo eternamente! Cuidem e mimem muito seus papais, porque eu queria fazer isso com o meu! Saudades eternas”, escreveu Marília.

Fonte: G1 – Grande Ponto

Categorias