Açude de Cruzeta e outros quatro reservatórios recebem água das últimas chuvas

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, através do Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), monitora 47 reservatórios, com capacidades superiores a 5 milhões de metros cúbicos, responsáveis pelo abastecimento das cidades potiguares. O Relatório do Volume dos Principais Reservatórios Estaduais, divulgado segunda-feira (26), indica que as chuvas ocorridas no último final de semana provocaram aumento do volume de cinco mananciais monitorados.

O açude de Cruzeta foi um dos que teve maior aumento de volume. Atualmente acumula 6.834.967 m³, percentualmente, 29,03% da sua capacidade total, que é de 23.545.745 m³. No dia 16 de dezembro, o manancial estava com 5.257.842 m³, equivalentes a 22,33% da sua capacidade total.

O açude Rio da Pedra, localizado em Santana do Matos, acumula 1.937.998 m³, correspondentes a 14,25% da sua capacidade total, que é de 13.602.215 m³. Em meados de dezembro, o reservatório estava com 1.684.912 equivalentes a 12,39% da sua capacidade total.

A barragem Mendubim, localizada em Assu, acumula 55.723.424 m³, percentualmente, 72,03% da sua capacidade total, que é de 77.357.134 m³. No dia 16 de dezembro, o reservatório estava com 55.399.140 m³, correspondentes a 71,61% da sua capacidade total.

O açude Boqueirão de Parelhas acumula 5.659.405 m³, equivalentes a 6,67% da sua capacidade total, que é de 84.792.119 m³. No dia 16 de dezembro, o manancial estava com 4.932.633, correspondentes a 5,82% da sua capacidade total.

A barragem Umari, localizada em Upanema, acumula 174.510.835 m³, percentualmente, 59,6% da sua capacidade total, que é de 292.813.650 m³. Em meados de dezembro, o reservatório estava com 173.664.596 m³, equivalentes a 59,31% da sua capacidade total.

A barragem Armando Ribeiro Gonçalves não recebeu águas, mas mantém um acumulado de 1.270.550.840 m³, correspondentes a 53,54% da sua capacidade total, que é de 2.373.066.510 m³. No dia 16 de dezembro, o reservatório estava com 1.277.322.287 m³, equivalentes a 53,83% da sua capacidade total.

A barragem Santa Cruz do Apodi acumula 230.734.410 m³, percentualmente, 38,47% da sua capacidade total, que é de 599.712.000 m³. Em meados de dezembro, o volume acumulado no manancial era de 232.820.850 m³, equivalentes a 38,82% da sua capacidade total.

Situação das Lagoas

A lagoa de Extremoz, responsável por parte do abastecimento da zona norte da capital, está com 6.848.063 m³, correspondentes a 62,14% do seu volume máximo, que é de 11.019.525 m³.

Já a lagoa do Bonfim, responsável pelo abastecimento da adutora Monsenhor Expedito, acumula 42.262.991 m³, percentualmente, 50,15% da sua capacidade total, que é de 84.268.200 m³.

A lagoa do Boqueirão, localizada em Touros, acumula 9.636.848 m³, equivalentes a 87,02% da sua capacidade total, que é de 11.074.800 m³.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *