Lula está convencido que porta do Planalto não foi arrombada durante ataque: “Alguém facilitou”

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse, nesta quinta-feira (12/1), estar convencido de que a porta do Palácio do Planalto foi “aberta por alguém de dentro”, no último domingo (8/1), quando terroristas invadiram e depredaram as sedes dos Três Poderes, em Brasília.

“Estou esperando a poeira abaixar. Eu quero ver todas as fitas que foram gravadas dentro da Suprema Corte, da Câmara, do Palácio do Planalto… Teve muita gente conivente. É importante dizer”, afirmou Lula, em café da manhã com jornalistas.

O presidente também citou a Polícia Militar e as Forças Armadas. “Teve muita gente da Polícia Militar conivente, teve muita gente das Forças Armadas aqui de dentro conivente. Eu estou convencido de que a porta do Palácio do Planalto foi aberta para que gente entrasse, porque não tem porta quebrada. Significa que alguém facilitou a entrada deles aqui”, acrescentou Lula.

Lula citou vídeos e reforçou a necessidade de uma investigação sobre o episódio.

O presidente contou, ainda, que tinha informações que o acampamento bolsonarista em frente ao Quartel-General do Exército estava diminuindo. “Não sabia nem previa que iria ocorrer [o ataque na Praça dos Três Poderes]”, alegou.

Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *