Apenas 11% dos municípios brasileiros irão realizar festas públicas no Réveillon, diz CNM

Pelo menos 64% das cidades do país cancelaram as festas públicas de comemoração do Réveillon para evitar aglomeração. O levantamento foi feito pela Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Isso se deve, principalmente, à confirmação de casos da variante Ômicron do novo coronavírus no Brasil e ao receio de outra onda de contaminações.

Além das cidades que já anunciaram o cancelamento da festa de Réveillon, o estudo da CNM mostra que outros 23% das prefeituras ainda não decidiram sobre a realização do evento. A pesquisa contou com a participação de 2,6 mil prefeitos espalhados pelo Brasil e foi publicada nesta sexta-feira (10).

O levantamento destaca ainda que apenas 11% dos municípios brasileiros devem manter o evento que comemora a virada de ano. A cidade do Rio de Janeiro, por exemplo, está entre os locais que decidiram manter as festas de fim de ano.

Carnaval

Indo adiante nas comemorações, o levantamento da CNM questionou os prefeitos também sobre a possibilidade da realização do Carnaval. Os dados compilados mostram que 63% das cidades já decidiram não realizar o evento em 2022. Já 33% dos municípios ainda estudam a realização da festa, enquanto 1,4% afirmaram que vão realizar o Carnaval.

CNN Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.