Pane em motor da Adutora Monsenhor Expedito afeta abastecimento d’água para 30 cidades do RN; dentre elas, todas do Potengi

A Caern informou nesta quarta (24) estar trabalhando para regularizar o funcionamento das estações de bombeamento 1 (em Nísia Floresta) e 2 (em Monte Alegre) da Adutora Monsenhor Expedito, e assim normalizar o abastecimento de água nos municípios atendidos pelo sistema.

Segundo a companhia, no último sábado (20), um dos dois motores da EB1 queimou por causa de problemas elétricos internos. A previsão é que, após o reparo, o motor seja reinstalado ainda nesta quarta-feira (24). Na segunda-feira (22), um animal entrou na área onde fica o transformador da EB2 e danificou o equipamento, que teve que ser retirado para passar por manutenção, a ser concluída.

A previsão é que sexta-feira (26), as duas estações de bombeamento voltem a funcionar plenamente, permitindo que a adutora atinja o volume de água habitual para o abastecimento de todas as cidades que atende. Enquanto isso, a Caern vem realizando ações para minimizar o impacto da ocorrência. O volume de água distribuído está com uma defasagem de 300 metros cúbicos por hora.

Após a retomada do funcionamento normal da adutora, será necessário aguardar um prazo de até 48 horas para completa regularização do abastecimento.

As cidades atendidas pela Adutora Monsenhor Expedito são Rui Barbosa, São Pedro, São Tomé, São Paulo do Potengi, Japi, Coronel Ezequiel, Jaçanã, São Bento do Trairi, Lajes Pintadas, São José de Campestre, Serrinha, Sítio Novo, Boa Saúde, Serra Caiada, Lagoa de Velhos, Barcelona, Bom Jesus, Lagoa Salgada, Lagoa de Pedras, Tangará, Santa Cruz, Monte das Gameleiras, Serra de São Bento, Passa e Fica, Lagoa D`anta, Monte Alegre, Ielmo Marinho, Santa Maria, Senador Eloi de Souza e Campo Redondo.

Potiguar Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.