Admin

Admin

Lava-Pés: O mandamento chocante em que Deus se abaixa para nos servir

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

O que significa este gesto inesperado de Jesus que Pedro nem queria aceitar?

O rito do Lava-pés, na Quinta Feira Santa, contém um duplo significado, à luz do evangelho de São João: -Uma imitação do gesto de Cristo que lava os pés dos Apóstolos no Cenáculo. -a expressão de doar-se a si mesmo.

Não por acaso, o gesto é chamado de “mandatum” (“mandamento”) na antífona recitada na cerimônia: “Mandatum novum do vobis, ut diligatis invicem, sicut dilexi vos, dicit Dominus” (“Um novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros como eu vos amei, diz o Senhor“; João 13,34). O “mandatum“, em sua essência, não é reservado ao clero: o seu sentido é o de colocarmos em prática o serviço humilde a todos os nossos irmãos, conforme o exemplo de Jesus a todos os seus discípulos.

O Senhor assume, em tudo, a condição de servo, para servir. Troca o manto pela toalha-avental: este parece ser o distintivo fundamental, divisor de águas entre a religião antes e depois de Jesus Cristo.

É necessário arrancar “todos os mantos do poder” para poder redescobrir a verdadeira dignidade humana desnuda e despojada de todas as aparências. Não há serviço sem se despir de todas as aparências de poder, de força, de prestígio. Não é possível amar colocando-se longe do próximo.


Editora Molokai

Categorias