Barragem rompe em Minas Gerais e já são mais 200 os desaparecidos

Resultado de imagem para fotos da tragedia de brumadinho

Uma barragem que armazena detritos de uma mineradora (com capacidade para um milhão de metros cúbicos) pertencente a Vale, rompeu por volta do meio dia desta sexta-feira, 25 de janeiro, em Brumadinho, Minas Gerais. Um verdadeiro mar de lama descendo rio abaixo destruindo tudo que tinha pela frente, pegou em cheio o centro administrativo da mineradora, onde só no refeitório almoçavam cerca de 600 pessoas, das quais mais de 200 estão desaparecidas.

O presidente Jair Bolsonaro já autorizou a ida de ministros do seu Governo até o local, com o objetivo de providenciar socorro para as vítimas da tragédia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.