Após reunião com TRE, PF e PM, Flamengo se compromete a não comemorar possível título durante o domingo de votação

Foto: Érica Martin/Estadão Conteúdo

O Flamengo se comprometeu nesta quinta-feira (27), caso vença a Taça Libertadores da América, no sábado (39), no Equador, a não promover aglomerações para celebrar a conquista durante a votação de domingo (30), dia em que a delegação retorna ao Rio.

O compromisso foi firmado em resposta a um ofício do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ). No documento, o clube listou ações que pretende tomar ao retornar, sem promover situações que atrapalhem o segundo turno eleitoral da disputa presidencial.

O documento, assinado pelo presidente do clube, Rodolfo Landim, informa que, após reunião realizada com representantes da Polícia Militar, da Polícia Federal e do próprio TRE-RJ, alinhou medidas para mitigar impactos viários e garantir a ordem e segurança pública.

“O Flamengo entende a particularidade da coincidência da data de retorno, neste ano, com a data de realização do segundo turno das eleições presidenciais, razão pela qual não pretende promover nenhum evento oficial para a recepção dos jogadores, que possa estimular a aglomeração de torcedores para celebração de uma eventual conquista”, diz o documento.

G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *