Dário Andrade vem sendo apontado como possível nome para coordenar a Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário no RN

Circula nos bastidores da notícia que o Potengiense Dário Andrade vem sendo apontado como possível nome para coordenar a Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário no Rio Grande do Norte. Embora com a definição de Delegacia, o órgão é uma espécie de Superintendência no Estado ligada ao Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar – MDAF.

Dário já foi gestor da pasta na condição de delegado adjunto no período de 2011 a 2014 e como titular em 2015. O nome possui boas referências e teve uma gestão bem avaliada. Conhece bem as ações do Ministério e antes do cargo atuou nas articulações dos Programas Territórios Rurais e Territórios da Cidadania, sendo um dos colaboradores na elaboração do Plano Territorial de Desenvolvimento Rural Sustentável em 2009. Documento responsável por planejar, articular e priorizar ações e investimentos do ministério na região Potengi.

Com formação Técnica em Cooperativismo, Bacharelado em Direito e especialização em Direito Administrativo e Gestão Pública, o Potengiense atualmente é Consultor em Articulação Territorial no Projeto Governo Cidadão que é responsável por ações e investimentos voltados ao desenvolvimento sustentável, melhorias da gestão e dos serviços públicos no Estado. O Projeto é resultado do acordo de empréstimo entre o Banco Mundial e o Governo do RN.

Dentre outras organizações e lideranças, o nome carrega apoios importantes como o da Federação (FETRAF/RN) e Confederação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar (CONTRAF BRASIL).

Blog Silvério Filho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *