Brasil registra 373 óbitos nas últimas 24h

Foram divulgados os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta sexta-feira (18), de acordo com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass):

– O país registrou 373 óbitos nas últimas 24h, totalizando 656.798 mortes;

– Foram 45.472 novos casos de coronavírus registrados, no total 29.573.112;

A média móvel de óbitos nos últimos sete dias é de 320, a menor desde 24 de janeiro deste ano; a média móvel de novos casos é de 38.285, a menor deste 10 de janeiro de 2022.

O ministério da Saúde calcula que mais de 28,1 milhões de pessoas já se recuperaram da Covid-19.

Benes destina verba de R$ 1 milhão e garante aquisição de Raio X digital para APAMI Lajes

O deputado federal Benes Leocádio (Republicanos) destinou, mais uma vez, recursos para a saúde do município de Lajes. Dessa vez, o montante no valor de R$1 milhão foi revertido para a Associação de Proteção e Assistência à Maternidade e à Infância (APAMI), mantenedora do Hospital Maternidade Aluízio Alves.

Os recursos foram divididos em duas emendas, sendo uma no valor R$ 600 mil repassados por meio do Fundo Municipal de Saúde, para incremento temporário ao custeio dos serviços de Assistência Hospitalar e Ambulatorial. A outra emenda no valor de R$ 400 mil foi destinada para a aquisição de um aparelho Raio X digital e equipamentos. 

O hospital atende uma alta demanda da população da região Central, servindo também municípios vizinhos como Caiçara do Rio do Vento, Pedra Preta, Angicos, entre outros, funcionando praticamente como um Hospital Regional com serviços de atendimento ambulatorial, cirurgias e internações.

Governadores planejam recorrer ao STF contra projeto que muda ICMS dos combustíveis

Fotos: Amanda Perobelli/Reuters

A aprovação pelo Senado do projeto de lei complementar (PLP 11) que mexe no ICMS sobre combustíveis,  desagradou os governadores, que consideraram o texto final da proposta uma invasão à prerrogativa dos entes federados. Segundo integrantes do Comitê de Secretários Estaduais de Fazenda (Comsefaz), eles já planejam entrar com ação no Supremo Tribunal Federal (STF), alegando inconstitucionalidade.

Eles estão esperando apenas a votação da proposta pela Câmara dos Deputados, prevista para a noite dessa quinta-feira, disse o interlocutor.  O governo federal tem pressa em aprovar o projeto para forçar os governadores a baixar o ICMS e reduzir os efeitos da oscilação dos preços para os consumidores.

Segundo o Comsefaz, a Constituição autoriza o Congresso a estabelecer a tributação monofásica, de uma só vez e a fixação de uma alíquota única para o ICMS, previstas no projeto. No entanto, a determinação para que os estados alteram a sistemática de cobrança do imposto, adotando um preço fixo sobre o litro do combustível (ad rem) e não um percentual sobre o valor cobrado na bomba (ad valorem) é inconstitucional.

Além disso, o Comsefaz considera inconstitucional uma emenda acatada pelo relator do projeto, senador Jean Paul Prates (PT-RN), que prorroga o congelamento do ICMS sobre o diesel para até 31 de dezembro de 2022, considerando a média de preços dos últimos 60 dias. A medida retira receita dos estados.

Por decisão do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), o ICMS sobre o diesel e a gasolina está congelado desde novembro de 2021. A fórmula de cálculo considera um valor médio cobrado na segunda quinzena de outubro. O congelamento tem previsão para acabar em 31 de março.

O Globo

Liga Contra o Câncer realiza amanhã Workshop em Terapia Nutricional para paciente crítico

Aprofundar a qualificação profissional e a vivência prática hospitalar em campos específicos do conhecimento técnico e científico sobre terapia nutricional no paciente criticamente enfermo, proporcionando debates sobre a prática clínica nutricional no ambiente de terapia intensiva. Esse é o objetivo do Workshop em Terapia Nutricional: em Busca da Excelência no Cuidado ao Paciente Crítico, que acontece nos dias 11 e 12 de março, no auditório da Universidade Potiguar da Avenida Salgado Filho, em Natal.

Em sua programação, o curso terá palestras e mesas redondas com renomados profissionais da área, com destaque para Melina Castro, membro da Equipe Multiprofissional de Terapia Nutricional do Hospital Israelita Albert Einstein e presidente da Sociedade Brasileira de Nutrição Parental; Thaisa de Assis, nutricionista pós-graduada em cuidados intensivos de adultos pela UNIFESP e especialista em nutrição parental pela BRASPEN; Francisco Irochima, médico especialista, doutor em Ciências da Saúde e gerente de inovação do Instituto de Ensino, Pesquisa e Inovação da Liga Contra o Câncer, entre outros.

O workshop terá carga horária de oito horas e será voltado para profissionais e estudantes das áreas de nutrição, medicina, enfermagem e demais profissionais e estudantes da saúde interessados na temática.

            Com oferta de vagas limitadas, as inscrições podem ser realizadas até o dia 11 de março, através do link: https://ensino.ligacontraocancer.com.br/workshop-em-terapia-nutricional.

“Durante o workshop, os participantes encontrarão informações aprofundadas sobre diversas temáticas, como por exemplo a terapia nutricional no paciente crítico, os desafios da rotina do nutricionista na avaliação nutricional do paciente crítico, evidências atuais em terapia nutricional no paciente crítico, as inovações em terapia nutricional, entre outras situações específicas na prática hospitalar”, afirma Amália Rêgo, gerente geral de Ensino, Pesquisa e Inovação da Liga.

Arrecadação do governo federal chega a R$235,3 bilhões em janeiro, a maior desde 1995

Foto: Getty Images

A arrecadação total das receitas federais fechou o mês de janeiro em R$235,3 bilhões, informou hoje (23) o Ministério da Economia.

O valor, melhor resultado para o mês desde 1995, representa um acréscimo real de 18,3% em relação a janeiro de 2021, descontada a inflação medida pelo Índice de Preços Amplo ao Consumidor (IPCA), que fechou o ano em 10,06%.

Em relação às Receitas Administradas pela Receita Federal, o valor arrecadado em janeiro de 2022 foi de R$ 217,421 bilhões, representando um acréscimo real (IPCA) de 14,66%.

De acordo com o Banco Cenral (BC), o aumento observado no mês de janeiro pode ser explicado, principalmente, por pagamentos atípicos de Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ), da Contribuição Social Sobre o Lucro Liquido (CSLL) e pelo diferimento das quotas do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) que seriam pagas em 2021 e pelo comportamento das compensações efetuadas.

O IRPJ e a CSLL apresentaram um crescimento na arrecadação, especialmente das empresas que fecharam seus balanços no mês de dezembro de 2021, totalizando uma arrecadação de R$ 84,1 bilhões, com crescimento real de 32,41%.

Já a Cofins e o PIS/Pasep apresentaram uma arrecadação conjunta de R$ 36,4 bilhões, representando um acréscimo real de 8,58%. Esse desempenho é explicado pelo decréscimo real de 2,7% no volume de vendas, segundo a Pesquisa Mensal de Comércio do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (PMC-IBGE), e aumento real de 10,4% no volume de serviços, segundo a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS-IBGE) entre dezembro de 2020 e dezembro de 2021.

Também houve um aumento real de 6,61% na arrecadação das empresas não financeiras, com destaque para o setor de combustíveis; acréscimo real de 13,83% na arrecadação das importações; e declínio de 32% no volume de compensações tributárias.

O Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) teve arrecadação de R$ 4,6 bilhões, representando acréscimo real de 91,96%. Esse resultado é explicado pelo crescimento do volume das operações de crédito contratadas por pessoas jurídicas e por pessoas físicas.

Diário do Poder

COVID: Brasil chega a 150 milhões de pessoas completamente vacinadas

O Brasil atingiu a marca de 150 milhões de pessoas completamente imunizadas contra a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. A vacinação total ocorre quando são aplicadas as duas doses ou a dose única da Janssen.

O dado foi informado pelo Ministério da Saúde na tarde desta segunda-feira (24). O volume de vacinados significa 84,4% da população acima de 12 anos.

“A marca é mais uma etapa importante da maior campanha de vacinação já feita no país”, comemorou a pasta. A campanha de imunização completou um ano em 17 de janeiro.

O governo federal distribuiu mais de 407,4 milhões de doses de vacinas. Ao todo, 348,2 milhões foram aplicadas nos braços dos brasileiros.

Atualmente o país tenta agilizar a campanha de vacinação infantil como uma forma de controlar o avanço da variante Ômicron.

G1

Concurso para Censo atrai mais de 1,1 milhão candidatos para 206,8 mil vagas, diz IBGE

Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

O concurso para as 206,8 mil vagas temporárias de recenseadores e agentes censitários do Censo Demográfico 2022 recebeu mais de um 1,1 milhão de inscritos, informou o IBGE. As inscrições se encerraram na sexta-feira passada.

O processo seletivo oferece 183.021 vagas para recenseador, que exigem ensino fundamental completo e proporcionam remuneração por produção; 18.420 vagas de agente censitário supervisor (ACS) e 5.450 de agente censitário municipal (ACM), que exigem ensino médio completo, com salários de R$ 1.700 e R$ 2.100, respectivamente. Os recenseadores são os responsáveis pela coleta de informações nos domicílios, enquanto os agentes censitários orientam e supervisionam o trabalho de campo.

Segundo Bruno Malheiros, coordenador de Recursos Humanos do IBGE o cronograma de seleção dos candidatos permitirá que os trabalhadores temporários sejam treinados a tempo de iniciar a coleta de informações em campo até, no máximo, agosto.

Realizado a cada dez anos, o Censo Demográfico visita todos os cerca de 71 milhões de lares brasileiros. O concurso atual é o terceiro aberto pelo IBGE para seleção de trabalhadores temporários que atuarão no Censo Demográfico de 2022. O levantamento deveria ter ido a campo em 2020, mas foi adiado por causa da pandemia de covid-19, e o concurso instaurado à época foi cancelado.

O IBGE tentou levar a campo o Censo em 2021, mas não obteve a verba necessária no Orçamento federal, fazendo com que o segundo processo seletivo também acabasse cancelado.

R7

Acontece nesta quinta(20) a tradicional festa social do Sítio Castro em Ruy Barbosa

A Prefeitura Municipal de Ruy Barbosa, realiza nesta quinta-feira(20), a  tradicional festa social do Sítio Castro. A festa será animada pelas bandas, Brasas do Forró, Na Pegada do Coyote e Pode Balançar.

Governo confirma teto de R$ 7.087 para aposentadoria pelo INSS

Foto: Divulgação / INSS

O governo publicou no “Diário Oficial da União” desta quinta-feira (20) a portaria interministerial que reajusta os benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Aposentados e pensionistas do INSS que recebem benefícios acima do salário mínimo terão reajuste de 10,16% na remuneração.

Pela legislação federal, o índice de reajuste do benefício de aposentados e pensionistas que recebem valor superior ao do salário mínimo é definido pela variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior.

Já para quem ganha o benefício no valor do salário mínimo, o piso nacional passou para R$ 1.212 desde 1º de janeiro. Por lei, aposentadorias, auxílio-doença, auxílio-reclusão e pensão por morte pagas pelo INSS não podem ser inferiores a 1 salário mínimo.

G1

Prefeitura de Caicó cancela carnaval de rua; Eventos privados estão mantidos

Imagem: reprodução/Instagram

O Carnaval de rua de Caicó 2022 está cancelado. O anúncio foi feito pelo prefeito Dr. Tadeu no início da noite desta quarta-feira (19). O eventos de carnaval privados seguem mantidos, pelo menos por enquanto.

Segundo a prefeitura, será feito um acompanhamento semanal junto ao comitê científico da cidade para avaliar a segurança sanitária para realização dos eventos privados.