Imagens da feira de São Paulo do Potengi no Dia do Nordestino

A feira ao longo da história de humanidade é o lugar mais democrático do mundo, de troca, compra e venda, e em São Paulo do Potengi não é diferente, pois sediamos todos os sábados, a maior e mais movimentada feira da ribeira potengiense, atraindo feirantes de toda a região, e de outras regiões do RN.

Na feira tem praticamente de tudo para se vender e se comprar, nela se pechincha, se conversa, se passeia, se passa e se recebe informações, se namora, tem forró, tem cultura, tem diversão e assim por diante. Na feira muita gente ganha o pão de cada dia.

A feira é um dos mais característicos e importantes símbolos do povo nordestino (é claro que a feira também existe em outras regiões do Brasil e do mundo), cuja data foi comemorada ontem (8) que ama compartilhar suas alegrias, tristezas, lutas, histórias… sempre na busca de dias melhores para todos de forma democrática e cidadã, pois como dizia o escritor Euclides da Cunha: ” O nordestino, é antes de tudo, um forte”.

Viva a feira, viva o Povo Nordestino.

O feijão verde estava sendo vendido na feira de São Paulo do Potengi, até a 15 reais o quilo

Neste sábado (16) na feira de nossa cidade, o quilo do feijão verde debulhado estava sendo vendido até a 15 reais o quilo. Na casca até a quatro reais, o quilo. Já a mão de milho verde (50 espigas) estava sendo vendida a 30 reais.

O forró tomou conta da movimentada feira de São Paulo do Potengi

Na manhã deste sábado, 18 de junho, o editor deste Blog esteve visitando a feira semanal de nossa cidade (que antecede a festa da noite de São João (próximo 23 de junho). Feira bastante movimentada com gente vinda de toda parte. Como é tradição o forró pé de serra tomou conta de vários pontos da feira fazendo a alegria dos feirantes.

Por outro lado, com a proximidade dos festejos juninos e o aumento da procura, a mão de milho (50 espigas) subiu de 30 reais para 35 reais.

E viva São João.

Imagens da feira deste sábado (28) em São Paulo do Potengi: a última do mês de maio

Na manhã deste sábado, 28 de maio, a reportagem do Blog percorreu a feira semanal de nossa cidade, onde fez várias fotografias e conversou com vários feirantes.

A reportagem comprovou que o feijão verde debulhado continua a ser vendido a 10 reais o quilo, o na casca já estava sendo vendido, dependendo da pechincha, a 2 reais, encontramos a mão de milho (50 espigas) por 25 reais e três espigas descascadas por 2 reais.

Como quem compra nos supermercados e mercearias, as pessoas que gostam de comprar na feira,

também estão reclamando bastante dos preços altos (inflação).